Aula 01 - (FEPI).pdf - Fundamentos de Engenharia de Petrleo...

Info icon This preview shows pages 1–12. Sign up to view the full content.

Fundamentos de Engenharia de Petróleo I Débora Cristina Niero
Image of page 1

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Objetivos: Abordar conceitos multidisciplinares fundamentais para compreensão da indústria petrolífera, e descrever as etapas que antecedem a perfuração de um poço. Fundamentos de Engenharia de Petróleo I
Image of page 2
Fundamentos de Engenharia de Petróleo I
Image of page 3

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Do latim petra” (pedra) e oleum” (óleo), o petróleo no estado líquido é uma mistura complexa de hidrocarbonetos e outros compostos orgânicos, inflamável, menos denso que a água, com cheiro característico e cor variando entre o negro e o castanho-claro. Introdução O que é petróleo?
Image of page 4
Introdução O “ouro negro” é uma das matérias- primas mais importantes da civilização moderna. É utilizado como fonte de energia e seus derivados são transformados em plástico, borracha sintética, tintas, corantes, adesivos, solventes, detergentes, explosivos, produtos farmacêuticos e de cosmética, entre outras muitas aplicações. Qual a importância do petróleo?
Image of page 5

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Introdução Figura 1: Cadeia de valor da indústria de petróleo e gás. Segmentos presentes que são relevantes para o funcionamento da indústria petrolífera.
Image of page 6
Introdução A cadeia de E&P pode ser estruturada, com base no ciclo de vida de um campo petrolífero, em: Exploração; Desenvolvimento ; Produção. Os objetivos buscados em cada uma dessas etapas do ciclo de vida de um campo de petróleo são distintos.
Image of page 7

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Introdução Exploração Buscar, identificar e quantificar novas reservas de P&G, através das seguintes atividades principais: Garantir acesso a reservas por meio de negociações com entes públicos ou privados; Analisar a geologia dos subsolos; Identificar potenciais reservatórios de P&G; Confirmar a existência do reservatório.
Image of page 8
Introdução Desenvolvimento Planejar a abordagem e definir os recursos necessários para a produção que maximizem a rentabilidade de uma reserva. Inclui toda a preparação para a etapa de produção. Atividades: Avaliar, com auxílio de poços, a extensão, o potencial de produção e a viabilidade econômica da reserva; Investigar as características do subsolo que possam afetar a produção; Avaliar possíveis cenários de produção; Planejar a melhor forma de explotar, desde a localização das perfurações até as especificações da infraestrutura a ser utilizada; Implementar a infraestrutura de produção.
Image of page 9

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Introdução Produção Extrair o petróleo e gás de uma reserva com intuito de maximizar sua vida útil. Atividades mais importantes: Extrair petróleo e gás com as mais diversas técnicas de recuperação (primária, secundária e enhanced ); Manter níveis de produção da reserva otimizados ( workover ); Encerrar as atividades de produção (ex.: desativação de infraestrutura e descarte de resíduos tóxicos).
Image of page 10
Introdução Segmentos da exploração e produção (E&P) 1. Informações de reservatórios: identificação de potenciais reservatórios; 2. Contratos de perfuração: perfuração de poços; 3. Serviços de
Image of page 11

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Image of page 12
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern