document.pdf - A PRODUÇÃO DO ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO...

This preview shows page 1 - 3 out of 12 pages.

5 Revista Latino-Americana de Inovação e Engenharia de Produção Vol. 2, n. 3. jul./dez 2014 A PRODUÇÃO DO ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO A PARTIR DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR Fernanda de Araújo Martins (EPA, UNESPAR-FECILCAM/CAMPO MOURÃO, Brasil) [email protected] Thamara Martim (EPA, UNESPAR-FECILCAM/CAMPO MOURÃO, Brasil) thama- [email protected] Andressa Maria Corrêa (EPA, UNESPAR-FECILCAM/CAMPO MOURÃO, Brasil) andmari- [email protected] Faberson Ferreira de Oliveira (EPA, UNESPAR-FECILCAM/CAMPO MOURÃO, Brasil) faber- [email protected] Resumo: O presente artigo foi realizado na Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) que tem por objetivo descrever o processo para a produção do eta- nol de segunda geração, conhecido também como etanol 2G, feito a partir do bagaço da cana-de-açúcar, em que visa o desenvolvimento econômico, social e ambiental do país. Tendo em vista que o país esta investindo em tecnologia pa- ra o desenvolvimento do etanol 2G para minimizar principalmente o uso de combustíveis fósseis, e queimadas que antes era praticado com o bagaço e a palha da cana-de-açúcar. O Brasil tem um grande potencial para este renovado e sustentável “combustível limpo”, pois já é um grande produtor em larga esc a- la e baixo custo desta cultura, que se adaptou muito bem ao solo brasileiro. Sendo assim o país precisa investir em tecnologia para produzir o etanol de se- gunda geração com o custo mais baixo para se tornar viável a produção em lar- ga escala. Palavras-chave: Biocombustível. Sustentável. Biomassa. 1. Introdução No início do século XX, ocorreram as primei- ras ações de introdução do etanol na matriz energética brasileira. Em 1925 surgiu a primei- ra experiência brasileira com etanol combustí- vel (BASTOS, 2007). Segundo Leite e Cortez (S.D) em 1975 foi lançado o Programa Nacional do Álcool (Pro- álcool), cujo objetivo maior era a redução da dependência nacional em relação ao petróleo importado, a partir dessa data, ocorreu a substi- tuição da gasolina pelo etanol no Brasil (BAS- TOS, 2007). O etanol, também denominado álcool etílico é produzido desde os tempos antigos pela fer- mentação dos açúcares encontrados em produ- tos vegetais. Ainda hoje, grande parte do eta-
Image of page 1
6 Revista Latino-Americana de Inovação e Engenharia de Produção Vol. 2, n. 3. jul./dez. 2014 nol industrial é obtido pelo mesmo processo, embora também possa ser produzido a partir de eteno (hidrocarboneto com ligação dupla), derivado do petróleo (BASTOS, 2007). A partir do etanol feito da cana-de-açúcar ( Saccharum ) o bagaço era denominado resí- duo, sendo ele queimado nas caldeiras para gerar energia, na qual é prejudicial ao ambiente e a saúde humana, devido a poluição gerada (NOGUEIRA, 2008). Segundo Ramos e Luchiari Jr (2008) a queima do bagaço da cana-de-açúcar nas caldeiras, traz consequências para a população que mora nas proximidades da indústria onde ocorre este processo, causando problemas respiratórios devido à poluição gerada poluição pelas quei-
Image of page 2

Want to read all 12 pages?

Image of page 3

Want to read all 12 pages?

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 12 pages?

  • Fall '97
  • Professor
  • Estados Unidos, São Paulo, Etanol, aquecimento global, Levedura

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern