Relatório - Extração Ácido-Base.docx

Relatório - Extração Ácido-Base.docx - UFMT...

This preview shows page 1 - 4 out of 10 pages.

UFMT - UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO ICET - INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA E XTRAÇÃO Á CIDO -B ASE Discentes: Ademir Breda Junior Bianca Thaís Mees Kedison Pereira da Silva Letícia Pereira Feijó da Silva Yasmin Bento Campani Docente: MSc.ª Cláudia Magnani Disciplina: Química Orgânica Experimental 1 Cuiabá – MT Março de 2019
Image of page 1

Subscribe to view the full document.

1- Introdução O comportamento ácido-base é conhecido de longa data. O termo “ácido” e “sal” datam da antiguidade, sendo essas, substâncias muito comuns no cotidiano da sociedade. A palavra ácido, por exemplo, têm raízes do latim ‘acidus’, que quer dizer azedo. Para identificar se uma substância é ácida ou básica, houve a iminente necessidade de estudar o Potencial Hidrogeniônico (pH), pois este consiste num índice que indica o grau de alcalinidade, acidez ou neutralidade de uma determinada solução. Este conceito foi introduzido por S.P. L. Sørensenem 1909.O "p" deriva do alemão potenz que significa poder de concentração, e o "H" é para o íon de hidrogênio(H+). A escala de pH compreende valores de 0 a 14, sendo valores entre 0 e 7, são considerados ácidos, acima de 7, podem ser considerados básicos, e, de pH= 7, por sua vez considerados neutros. O pH de uma substância é determinado pela concentração de íons de Hidrogênio (H+). Quanto menor o potencial Hidrogeniônico de uma substância, maior a será concentração de íons H+ e menor a concentração de íons OH. O valor de pH pode ser obtido com o uso de indicadores, que são substâncias que varia de cor conforme tal concentração. As teorias que buscam explicar os comportamentos dos ácidos e das bases também são antigas, entretanto o foco será nas teorias que surgiram a partir do século XX, com destaque especial na teoria de Arrhenius (1887), teoria de Brønsted-Lowry e teoria de Lewis. Em meados de 1887, o químico sueco S. Arrhenius, como parte da sua teoria da dissociação eletrolítica, realizou inúmeras experiências com substâncias diluídas em água e observou que: ● Quando em solução aquosa, os ácidos se ionizam, isto é, dão origem a íons, produzindo como cátion H+, e estes possuem sabor azedo. Em solução aquosa, os ácidos conduzem eletricidade. Isso ocorre porque os ácidos se desdobram em íons. ● Os ácidos alteram a cor de certas substâncias chamadas indicadores. Estes têm a propriedade de mudar a cor conforme o caráter ácido ou básico das soluções. O tornassol e a fenolftaleína são indicadores de ácidos e bases, onde a solução de fenolftaleína vermelha fica incolor em presença de um ácido. Já o papel de tornassol azul fica vermelho.
Image of page 2
● Além disso os ácidos reagem com as bases, formando sais e água, essa reação se chama reação de neutralização.
Image of page 3

Subscribe to view the full document.

Image of page 4
  • Winter '17
  • Ricardo
  • Proton, pH, Solução, solvente, reação química

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern