O direito ao espa\u00e7o p\u00fablico _ vitruvius.pdf - arquitextos 203.02 espa\u00e7o p\u00fablico O direito ao espa\u00e7o p\u00fablico | vitruvius vitruvius | pt|es|en

O direito ao espau00e7o pu00fablico _ vitruvius.pdf -...

This preview shows page 1 - 3 out of 13 pages.

05/03/2020 arquitextos 203.02 espaço público: O direito ao espaço público | vitruvius 1/13 receba o informativo | contato | facebook vitruvius | pt |es|en Curtir 39 mil busca ok pesquisa guia de livros jornal revistas em vitruvius arquitextos | arquiteturismo | drops | minha cidade | entrevista | projetos | resenhas online 203.02 espaço público ano 17, abr. 2017 revistas buscar em arquitextos ok arquivo | expediente | normas arquitextos ISSN 1809-6298 O direito ao espaço público Princípios e exemplos Josep Maria Montaner e Marina Simone Dias Mais além da grande diversidade de cidades contemporâneas, há um elemento que é a chave para a melhora da qualidade de vida, para o aumento da sociabilidade e para a aproximação da sustentabilidade: a qualidade do espaço público. Na tradição das culturas mediterrâneas, sempre teve grande destaque o carácter público do espaço urbano. As cidades italianas foram as pioneiras: Goethe, na sua viagem à Itália, no final do século 18, tão logo quanto visitou Verona e Vicenza, registrou a forma como os italianos defendiam o direito ao uso público de todos os espaços abertos da cidade. Pórticos, entradas, galerias, pátios, claustros, escadarias e interiores de igrejas estavam sempre ocupados. Desde o Renascimento, já era costume que os proprietários de obras de arte, jardins e pátios não impedissem o público de aceder à visita de edifícios e objetos. Existia o direito entrar e visitar sem convite prévio. Giovanni Battista Nolli, quando em 1748 realizou o famoso plano de Roma, deixou claro que a figura sobre o fundo da cidade era o branco do espaço público sobre o negro da densa construção; um branco que estava configurado tanto pelas praças, ruas, ruelas e lotes, quanto pelos interiores das igrejas, claustros, pátios e edifícios públicos. 203.02 espaço público sinopses como citar idiomas original: português compartilhe 203 203.00 poluição luminosa Noite, estrelas e luz Reflexões sobre a iluminação pública da Praia de Cima da Pinheira – SC Marcelo Chemin 203.01 urbanismo Por uma reflexão sobre pioneiros do urbanismo no Brasil e modalidades de apropriação de ideários internacionais Revisando terminologias e conceitos Heliana Angotti- Salgueiro e José Geraldo Simões Junior 203.03 história O espaço hospitalar em dois tempos O Pronto Socorro do Recife Luiz Amorim e Cecilia Ribeiro 203.04 termoenergética Simulação computacional termoenergética na arquitetura Avaliação do desempenho térmico de uma edificação de ensino localizada em Brasília DF Luís Guilherme Resende Santos, Polianna Reis Dantas, Ana Carolina Maciel, Lucas Rosse Caldas, Evangelos Dimitrios Christakou e Rosa Maria Sposto jornal notícias agenda cultural rabiscos eventos concursos seleção Parque da Torre Lluc, Gavà, Catalunha, Espanha Foto divulgação [Regesa Aparcaments i Serveis / ] em vitruvius
Image of page 1
05/03/2020 arquitextos 203.02 espaço público: O direito ao espaço público | vitruvius 2/13 Mapa de Roma, de Giovanni Battista Nolli Imagem divulgação [Wikimedia Commons]
Image of page 2
Image of page 3

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 13 pages?

  • Spring '18
  • GB
  • As You Like It, São Paulo, Parque, planejamento urbano, Praça

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture