aula6-LGR - Lugar Geomtrico das Razes Construdo diretamente...

Info icon This preview shows pages 1–3. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
Lugar Geométrico das Raízes Construído diretamente a partir dos pólos e zeros da função de transferência de malha aberta G ( s ) H ( s ). Os pólos de malha fechada são solução da equação 1 + G(s)H(s) = 0, ou: arg( G ( s ) H ( s ) ) = ± 180 o (2 k +1), k = 0, 1, 2, ... | G ( s ) H ( s ) | = 1 u Para cada ponto s o (do plano complexo s ) que satisfaz a condição de ângulo, arg( G ( s o )H( s o ) ), há um ganho K correspondente que satisfaz a condição de módulo. Lugar Geométrico das Raízes LGR: Gráfico dos pólos de malha fechada para todos os valores do ganho K de 0 a . Para traçarmos o gráfico, vimos que precisamos apenas achar os pontos que satisfazem a condição angular (a aplicação da condição do módulo dirá que valor de K corresponde a uma dada localização no LGR). Primeiro passo : localizar os pólos (pontos de partida do LGR) e zeros (pontos de chegada do LGR) de malha aberta (ou seja, da função de transferência G ( s ) H ( s ) ). A seguir : determinar que porções do eixo real pertencem ao LGR (ponto de teste s o ). Lugar Geométrico das Raízes Regra geral 1 : Os pontos no eixo real que encontram- se à esquerda de um número ímpar de pólos e/ou zeros são parte do LGR. (por que?) Próximo passo :determinar o número de ramos do LGR. Regra geral 2 : Um ramo do LGR parte de cada pólo de malha aberta do sistema (correspondente a K = 0). Para K → ∞ , cada ramo irá terminar em um zero de malha aberta. Se o sistema tiver n pólos e m zeros finitos, com n m , m ramos irão terminar nos m zeros finitos, e os n m ramos restantes irão terminar nos n m zeros no infinito. ( Mas onde estão estes zeros no infinito?)
Image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon