OConsentimentoeapesquisa

OConsentimentoeapesquisa - O Consentimento e a pesquisa...

Info iconThis preview shows pages 1–2. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: O Consentimento e a pesquisa Genival Veloso de Frana Toda interveno no patrimnio biolgico do homem, alm de ter sua inspirao no mais elevado propsito de quem interfere e no respeito absoluto pelos direitos da pessoa humana, deve contar, de forma patente, com a adeso consciente e informada daquele que se submete interveno, sendo ele maior, capaz, hgido e em condies de dar livre e conscientemente sua permisso. Mesmo considerando que o ideal seria que cada interferido tivesse uma razovel capacidade de compreenso e independncia absoluta para exercer suas liberdades, temos de considerar que muitas vezes os indivduos so desprovidos de certa capacidade intelectual e pertencem a grupos mais desarrimados socialmente pela iniquidade e pela penria. Alinda assim o pesquisador ter a devida habilidade de passar todas as informaes em linguagem simples e descodificada do jargo cientfico, de forma que o indivduo possa entender o carter da interveno, seus objetivos, seus riscos e benefcios e, tambm, dar-lhe plena liberdade para abandonar a investigao no momento que pretender. No que se refere aos indivduos sem condio de dar consentimento, por limitao fsica, psquica ou legal, mas que necessitam da interveno biolgica em seu...
View Full Document

Page1 / 2

OConsentimentoeapesquisa - O Consentimento e a pesquisa...

This preview shows document pages 1 - 2. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online