Serrano - Do Ouro ao Dolar Flexivel

Serrano - Do Ouro ao Dolar Flexivel - Do ouro imvel ao dlar...

Info iconThis preview shows pages 1–3. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
Economia e Sociedade, Campinas, v. 11, n. 2 (19), p. 237-253, jul./dez. 2002. Do ouro imóvel ao dólar flexível Franklin Serrano 1 Resumo Neste trabalho, discutimos algumas características peculiares da balança de pagamentos do país que emite a moeda-chave em diferentes padrões monetários internacionais a partir de uma perspectiva sraffiana, na qual a taxa monetária de juros do país central é vista como uma variável independente, determinada institucionalmente. Esta análise breve e esquemática das teorias e experiências dos padrões monetários internacionais nos permitirá atingir o objetivo principal deste trabalho que é o de apresentar uma caracterização simples, porém suficientemente precisa, do atual padrão monetário internacional, que chamamos de “padrão dólar flexível”. Palavras-chave : Finanças internacionais; Sistema monetário internacional; Padrão dólar flexível; Taxas de juros exógena. Abstract In this paper we discuss some essential features of the balance of payments position of the country which issues the key currency in different international monetary standards. The analysis is made from a Sraffian standpoint, where the monetary rate of interest of the central country is seen as an independent policy variable, institutionally determined. This brief and schematic analysis of the theories and experiences of the international monetary standards shall allow us to reach the prime aim of this work, which is that of providing a simple but sufficiently precise characterization of the current international monetary standard, that we shall call the “floating dollar standard”. Key words : International monetary system; Floating dollar standard; Exogenous rate of interest. JEL B51, F42, E58. Introdução Neste trabalho, discutimos algumas características peculiares da balança de pagamentos do país que emite a moeda-chave em diferentes padrões monetários internacionais a partir de uma perspectiva sraffiana, na qual a taxa monetária de juros do país central é vista como uma variável independente, determinada institucionalmente (Pivetti, 1991, 2001; Serrano, 1993, 2002). Na seção 1, discutiremos preliminarmente o problema da balança de pagamentos do país central em abstrato, num esquema simples no qual vale um padrão monetário internacional referido ao ouro. Nas seções seguintes, aplicaremos os resultados de nosso esquema à evolução histórica do sistema monetário internacional, aproveitando para criticar algumas hipóteses curiosamente “monetaristas” (1) Professor adjunto do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE-UFRJ). O autor agradece o apoio financeiro do CNPq, a Carlos Medeiros por inúmeras discussões sobre o tema e a um parecerista anônimo desta revista pelos comentários e críticas.
Background image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
Franklin Serrano Economia e Sociedade, Campinas, v. 11, n. 2 (19), p. 237-253, jul./dez. 2002. 238 nacionais ou globais que estão por trás de análises consagradas sobre esse tema.
Background image of page 2
Image of page 3
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

This note was uploaded on 09/25/2010 for the course ECO IntEco taught by Professor Andre during the Spring '06 term at UFRGS.

Page1 / 17

Serrano - Do Ouro ao Dolar Flexivel - Do ouro imvel ao dlar...

This preview shows document pages 1 - 3. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online