laboratorio_de_eletronica_mate

laboratorio_de_eletronica_mate - MATERIAIS MATERIAIS...

Info iconThis preview shows pages 1–4. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS MATERIAIS
Background image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
Os componentes devem interligar-se de maneira segura e confiável. FAIXA DE COBRE METALlZAÇÃO SOLDAGEM Conexões seguras Os componentes têm que interligar-se para conseguir que os circuitos funcionem. Esta conexão deve ser segura desde o ponto de vista elétrico e mecânico, quer dizer, que não se solte nem com o menor movimento, inclusive pode ser necessário em determinados momentos que agüente fortes golpes e vibrações. Imagi- nemos um telefone celular, deve resistir às quedas, ou ao arranque eletrônico de um automóvel onde além do que já foi mencionado também tem que suportar temperaturas extremas, ou em outros casos é a umidade a que ataca. O importante é que o suporte dos componentes cumpra a sua função dependendo da apli- cação a que o circuito se destine. gravadas por procedimentos fotoqufrnicos, desenhadas do lado oposto dos componentes, embora existam placas de dupla face. As conexões entre os diferentes componentes se realiza através destas faixas de cobre empre- gando-se normalmente a sol- dagem com estanho. Os com- ponentes são montados nos cir- cuitos impressos seguindo dois procedimentos que além disso podem ser combinados entre si. A montagem mais clássica é a de introduzir os terminais dos componentes nas perfurações do circuito impresso e realizar as soldagens de maneira manual ou automática. Os cír- cuitos impressos com orifícios para fixar componentes com faixas de cobre, com um lado ou dois, são de uso comum e aptos para a montagem manual sem necessidade de utilizar, em quase nenhum caso, ferramentas especiais de montagem. A montagem superficial permite uma alta densidade de componentes além de permitir instalar componentes em ambos lados da placa, mas a miniaturização TERMINAL o circuito Impresso para montagens permanentes e a placa de inserção para protótipos. Circuito impresso Para as montagens permanentes o suporte mais utilizado é o circuito impresso que consiste numa placa com faixas de cobre, as chamadas trilhas,
Background image of page 2
Circuito impresso SMD (Surface Mount Device) chegou a tal ponto que para a colocação de componentes e para a sua soldagem são neces- sárias máquinas de altíssima precisão
Background image of page 3

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
Image of page 4
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Page1 / 7

laboratorio_de_eletronica_mate - MATERIAIS MATERIAIS...

This preview shows document pages 1 - 4. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online