TI_gestao_cadeia-G_P - Gest. Prod. , São Carlos, v. 14, n....

Info iconThis preview shows pages 1–2. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: Gest. Prod. , São Carlos, v. 14, n. 1, p. 1-12, jan.-abr. 2007 Impacto da tecnologia da informação na gestão das cadeias de suprimentos – um estudo de casos múltiplos Antonio Carlos Gastaud Maçada Luis Felipe Feldens André Moraes dos Santos Resumo A gestão da cadeia de suprimentos é reconhecida como uma importante área para a inovação e investimento em Tecnologia da Informação (TI). Os investimen- tos em TI continuam sendo questão estratégica central em empresas que buscam ganhar vantagem competitiva em um ambiente cada vez mais dinâmico, mesmo sabendo que o impacto não é completamente entendido. O objetivo da pesquisa é identificar e analisar os impactos da TI no processo de gestão da cadeia de supri- mentos e validar o conjunto de variáveis selecionadas na literatura de Sistemas de Informações (SI). Para isso é utilizado o estudo de casos múltiplos em empresas dos setores Metal Mecânico, Petroquímico e Varejo. As entrevistas com os executivos e observações revelaram a importância estratégica que a TI exerce no processo de gestão das cadeias de suprimento e também foram identificados impactos positivos da TI no conjunto de variáveis estratégicas selecionadas na revisão da literatura. Palavras-chave: Tecnologia da informação. Gestão das cadeias de suprimentos. Impacto da tecnologia. 1 Introdução A gestão da cadeia de suprimentos (do inglês, Supply Chain Management – SCM) é reconhecida como uma importante área para inovação e investimento em Tecno- logia da Informação (TI) (BOWERSOX; DAUGHERTY, 1995; PATTERSON; GRIMM; CORSI, 2003). Dados revelam que o volume de investimento realizado pelas empresas americanas em softwares de SCM foi de US$ 3,5 bilhões em 2001, enquanto as brasileiras investiram US$ 57,7 milhões no mesmo período (B2BMAGAZINE, 2002). Isto reforça a idéia de que a TI já se tornou um componente integrante no processo de gestão das cadeias de suprimento (CHANDRASHEKAR; SCHARY, 1999). Segundo Andersen e Segars (2001), os investimentos em TI continuam sendo questão estraté- gica central em empresas que buscam ganhar vantagem competitiva em um ambiente cada vez mais dinâmico. Por outro lado, as organizações não conseguem compre- ender completamente os impactos que a TI pode causar no desempenho (ANDERSEN; SEGARS, 2001). Em grande parte dos estudos de Sistemas de Informação (SI), a medição de desempenho tem se baseado em abordagens objetivas, usando um conjunto de variáveis financeiras como retorno sobre investimento (ROI) e retorno sobre ativos (ROA) ou medidas como faturamento e cresci- mento de vendas (BERGERON; RAYMOND; RIVARD, 2001). Tais medidas têm sido criticadas porque enfatizam somente as dimensões econômicas de desempenho, negli- genciando outros objetivos importantes das empresas....
View Full Document

Page1 / 12

TI_gestao_cadeia-G_P - Gest. Prod. , São Carlos, v. 14, n....

This preview shows document pages 1 - 2. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online