trabalho - As primeiras unidade industriais de fabrico de...

Info iconThis preview shows pages 1–3. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
As primeiras unidade industriais de fabrico de tintas remontam ao final do século XIX. Se a utilização de tintas se destinava inicialmente à decoração, crescentemente se foi alargando o espectro da sua utilização e hoje em dia é extensa a sua aplicação. A indústria portuguesa de tintas representa cerca de 0,2% do número total de empresas da indústria transformadora nacional. O contributo deste sector é de 0,8%, para o Valor Bruto da Produção (VBP), e de 0,9% para o Valor Acrescentado Bruto (VAB). Em termos de emprego, o sector emprega cerca de 0,5% do total dos trabalhadores da indústria transformadora [INE, 2005]. A produtividade do trabalho, medida pelo quociente do VAB pelo número de efectivos, é muito superior à média da indústria transformadora nacional, o que também acontece relativamente ao grau de transformação sectorial (VAB/VBP), com um valor de 33,5%. O sector é fortemente regulamentado e é caracterizado por - elevada competitividade comercial - facilidade de técnica de produção - fraca cultura associativa É constituído essencialmente por pequenas e médias empresas, representando hoje as 9 maiores empresas cerca de 75 % do total de volume de negócios. Distribuição geográfica das empresas: - 48% localiza-se no Norte ( -37 % em Lisboa e Vale do Tejo; -12 % no centro Por distritos: -38 % Porto -24% Lisboa -13% Aveiro A proliferação de fábricas de pequena/média dimensão deve-se ao facto de o investimento inicial para a sua construção ser relativamente baixo e o processo de produção das tintas ser simples. De facto, o problema mais complexo que envolve a
Background image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
gestão de uma fábrica de produção de tintas, são as questões logísticas já que por vezes, mesmo uma pequena fábrica chega a produzir centenas de variedades de produtos diferentes, A produção mais significativa é de tinta branca ( sendo a sua produção escoada principalmente para a construção civil ) , seguindo-se produção de tintas em pó ( utilizadas em frigoríficos, fogões e mobiliários de escritório), produtos anti-corrosão, tintas de impressão, vernizes e diluentes Matérias-primas: Importadas: Resinas, pigmentos e solventes Nacionais: Cargas (areias e carbonatos de cálcio), algumas resinas e emulsões´ Desenvolvimento Sustentável São também importantes as questões do desenvolvimento sustentáveis., que hoje em dia fazem parte do léxico das preocupações politicas. O desenvolvimento sustentável baseia- se em três eixos fundamentais : o eixo ambiental, o social e o económico. Se o ambiente é progressivamente considerado como um bem, e a sua preservação é
Background image of page 2
Image of page 3
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

This note was uploaded on 12/13/2010 for the course TTC 3543 taught by Professor Pito during the Spring '10 term at Cambridge.

Page1 / 5

trabalho - As primeiras unidade industriais de fabrico de...

This preview shows document pages 1 - 3. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online