16094 - R. Bras. Zootec., v.32, n.1, p.208-213, 2003...

Info iconThis preview shows pages 1–2. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
R. Bras. Zootec., v.32, n.1, p.208-213, 2003 Influência do Sistema de Criação sobre o Desempenho, a Condição Fisiológica e o Comportamento de Linhagens de Frangos para Corte Marco Aurélio Neves da Silva 1 , Paulo Hellmeister Filho 2 , Millor Fernandes do Rosário 3 , Antonio Augusto Domingos Coelho 4 , Vicente José Maria Savino 4 , Antonio Augusto Franco Garcia 4 , Iran José Oliveira da Silva 5 , José Fernando Machado Menten 6 RESUMO - Realizou-se o presente trabalho com o intuito de avaliar a influência do sistema de criação (intensivo e semi-intensivo) no desempenho (peso corporal e conversão alimentar), na condição fisiológica sob estresse térmico (temperatura retal, freqüência respiratória e hematócrito) e comportamento (freqüência ao pasto) de frangos de corte. Foram utilizadas quatro linhagens de frangos de corte, duas tipo caipira e duas comerciais. Para avaliação do desempenho e condição fisiológica das aves nas idades de 45, 55, 65 e 75 dias, instalou-se um experimento no qual as aves foram alojadas em boxes constituídos de 4,5 m 2 de área interna (abrigo) e 35 m 2 de área de pastejo com lotação de 35 aves/box. Outro experimento foi instalado para avaliação da freqüência das aves ao pasto entre o 35 o e 75 o dia de idade. Uma das linhagens avaliadas não demonstrou ser adaptada ao sistema semi-intensivo de criação. Verificaram-se diferenças significativas nos parâmetros de desempenho e de condição fisiológica das aves nos dois sistemas. Na criação semi-intensiva obtiveram- se menores valores para temperatura retal, taxa respiratória e hematócrito e melhores valores de peso corporal e conversão alimentar. Concluiu-se que a criação semi-intensiva proporcionou condições que aumentaram o bem-estar das aves, tendo influenciado positivamente o desempenho e a condição fisiológica das linhagens avaliadas, mesmo sob condições de estresse térmico. Palavras-chave: adaptação, bem-estar, comportamento, sistema semi-intensivo Influence of the Rearing System on Performance, Physiological Condition and Behaviour of Broilers Lines ABSTRACT – The objectives of this research were to evaluate the influence of rearing systems (intensive or semi-intensive) on the performance (body weight and feed efficiency), chicken physiological condition under heat stress (rectal temperature, respiratory frequency and hematocrit) and behavioural parameters (frequency in the pasture areas) of broilers lines. To evaluate broiler’s performance and physiological condition on the ages of 45, 55, 65 and 75 days one experiment was carried out in boxes with 4,5 m 2 of inside area and 35 m 2 of outside area were 35 broilers were reared in each box. Another experiment was carried out to evaluate the frequency of broilers it the pasture areas from 35 to 75 days of age. One of the evaluated lines did not show adaptation to the semi-intensive rearing system. Significant differences were found in broilers performance and physiological conditions in both systems. In the semi-intensive
Background image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
Image of page 2
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

This note was uploaded on 07/28/2011 for the course VET 4335 taught by Professor Sakomura during the Spring '11 term at University of the South Pacific, Fiji.

Page1 / 6

16094 - R. Bras. Zootec., v.32, n.1, p.208-213, 2003...

This preview shows document pages 1 - 2. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online