24522 - R. Bras. Zootec., v.34, n.1, p.98-103, 2005...

Info iconThis preview shows pages 1–2. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: R. Bras. Zootec., v.34, n.1, p.98-103, 2005 Desempenho e Composição Corporal de Frangos de Corte Alimentados com Diferentes Níveis de Proteína e de Aminoácidos ou com Livre Escolha das Dietas 1 Ana Valeria Kolling 2 , Alexandre de Mello Kessler 3 , Andréa Machado Leal Ribeiro 4 RESUMO- Foi realizado um experimento com 600 frangos de corte (300 machos e 300 fêmeas) de 1 a 49 dias de idade. Foram usadas três dietas (D) experimentais, isoenergéticas (3.000 e 3.150 kcal EM/kg nas fases inicial e de crescimento, respectivamente), porém com diferentes níveis de proteína bruta (PB) e um dos quatro primeiros aminoácidos (AA) essenciais (Lis, Met+Cis, Tre e Trip): D1, (controle): 22%PB; D2, 24% de PB com AA 20% a mais que D1 (altaPB+20%AA) e D3: 20% PB e AA 12% a menos que D1 (baixaPB-12%AA). Na fase de crescimento, as PB foram de 20, 22 e 18% para D1, D2 e D3, respectivamente, mantidas as mesmas proporções em AA. Uma quarta dieta foi definida pelas aves por livre escolha entre as dietas extremas (D2 e D3). O delineamento adotado foi completamente casualizado, em esquema fatorial 2x4 (sexo x dietas), e cinco repetições de 15 aves por tratamento. A técnica do abate comparativo foi usada para ganho de gordura e proteína. Verificou- se que as aves alimentadas com dietas baixaPB-12%AA apresentaram pior CA, menor GP e menor ganho de proteína corporal. No entanto, houve melhor relação da proteína consumida com ganho de peso. Frangos recebendo dietas altaPB+20%AA tiveram pior aproveitamento da proteína consumida, não mostrando superioridade em GP, peso de partes e de carcaça às aves do grupo controle ou livre escolha. Ganho em gordura e proteína também foram semelhantes entre esses três tratamentos. As aves com livre escolha mostraram-se aptas em selecionar sua própria dieta, apresentando desempenho e composição corporal semelhantes às aves do grupo controle. O pior desempenho da dieta com baixa proteína foi mais evidente na fase inicial que na fase de crescimento. Machos foram mais eficientes que as fêmeas em utilizar os nutrientes consumidos sobretudo na fase de crescimento. Palavras-chave: composição corporal, eficiência alimentar, relações energia:proteína e aminoácidos Performance and Body Composition of Broilers Fed Different Protein and Amino Acid Levels or Free-Choice Diets ABSTRACT- An experiment was carried out to evaluate the effect of diets with different protein levels and energy:protein ratio and amino acids on the performance and body composition of broilers (300 males and 300 females from 1 to 49 days of age), as well as the effect of these factors on the nutrients utilization efficiency. Three isoenergy experimental diets (D) were used (3000 and 3150kcal ME/kg for starter and growing phase, respectively) varying the levels of crude protein (CP) and the first 4 essential amino acids (AA) (lysine, methionine+cysteine, threonine and tryptophan): D1, control, with 22%CP; D2: 24%CP and 20% more AA than D1 (HighCP+20%AA)...
View Full Document

This note was uploaded on 07/28/2011 for the course VET 4335 taught by Professor Sakomura during the Spring '11 term at University of the South Pacific, Fiji.

Page1 / 6

24522 - R. Bras. Zootec., v.34, n.1, p.98-103, 2005...

This preview shows document pages 1 - 2. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online