{[ promptMessage ]}

Bookmark it

{[ promptMessage ]}

ft2arquivo6 - UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Faculdade de...

Info icon This preview shows pages 1–11. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE – Faculdade de Engenharia Transmissão de calor 3º ano
Image of page 1

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 2 Aula 3 Equação diferencial de condução de calor Condições iniciais e condições de fronteira; Geração de Calor num Sólido; Condutibilidade Térmica Variável.
Image of page 2
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 3 2.6 Condições iniciais e condições de fronteira Para determinar a distribuição de temperatura em um meio, é necessário resolver a forma apropriada da equação de calor. Tal resolução depende das condições físicas existentes na fronteira do sistema e se a situação varia ao longo do tempo a solução também depende das condições existentes no sistema em dado instante inicial.
Image of page 3

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
2.6 Condições iniciais e condições de fronteira Prof Dr. Engº Jorge Nhambiu 4 Para determinar a distribuição de temperatura em um meio, é necessário resolver a forma apropriada da equação de calor. Tal resolução depende das condições físicas existentes na fronteira do sistema e se a situação varia ao longo do tempo a solução também depende das condições existentes no sistema em dado instante inicial.
Image of page 4
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 5 2.6 Condições iniciais e condições de fronteira Para descrever por completo um problema de transferência de calor, devem ser dadas duas condições de contorno, para cada direcção ao longo da qual a transferência de calor é significante.
Image of page 5

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 6 2.6.1 Temperatura especificada Condição de contorno de temperatura especificada em ambas as superfícies de uma parede plana.
Image of page 6
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 7 2.6.1 Temperatura especificada ( ) ( ) z y x f z y x T , , 0 , , , = (2.45) A condição que é geralmente especificada no instante t=0 é chamada condição inicial, que é a expressão matemática da distribuição da temperatura no meio, inicialmente. Em coordenadas rectangulares, as condições iniciais as em geral são dadas pela expressão: Onde f(x,y,z) representa a distribuição da temperatura no meio no instante t=0.
Image of page 7

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 8 2.6.1 Temperatura especificada ( ) ( ) 2 1 , , 0 T t L T T t T = = (2.46) A temperatura de um meio pode ser facilmente medida directamente . Daí uma das maneiras mais fáceis de especificar as condições térmicas de uma superfície é predizer a temperatura. Para um sistema unidimensional de transferência de calor num plano de espessura L, as condições de temperatura especificada na fronteira podem ser escritas da seguinte maneira: Onde T 1 e T 2 são as temperaturas especificadas nas superfícies x=0 e x= L respectivamente
Image of page 8
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 9 2.6.2 Fluxo Prescrito Condições de contorno de fluxo prescrito em ambas as paredes do plano.
Image of page 9

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu 10 2.6.2 Fluxo Prescrito ( ) 2 x de positiva direcção na calor de Fluxo m W x T k q = = & (2.47) Se houver informação suficiente das interacções de energia na superfície é possível determinar-se a taxa de calor transferido e dai o fluxo. A taxa de calor transferido
Image of page 10
Image of page 11
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.
  • Spring '11
  • dian
  • Prof. Doutor Engº, Jorge Nhambiu, fluxo prescrito, condutibilidade térmica variável, exemplo 3.3 resolução, térmica variável