OPIarquivo1 - 1 PRINCPIOS DE OPERAES UNITRIAS - UFSCar...

Info iconThis preview shows pages 1–3. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
1 PRINCÍPIOS DE OPERAÇÕES UNITÁRIAS - UFSCar Período: 1º Sem. 2008. Alunos: 6. Turma: 103063A. Sala: 139/112. Quarta (10h – 12h)/Quinta (8 – 12h). AULA II INTRODUÇÃO AOS FENÔMENOS DE TRANSPORTE O estudo de fenômenos de transporte tem aplicações muito importantes no campo da engenharia, pois permite “conhecer” assuntos diversos, como o transporte de fluidos através de tubulações ou a quantificação da dissipação de calor em motores. O estudo dos fenômenos de transporte é indispensável para projeto, operação e otimização de processos e equipamentos, em todos os campos da engenharia. Os fenômenos de transferência tratam basicamente da movimentação de uma grandeza física de um ponto a outro do espaço, e são eles: transporte de quantidade de movimento, transporte de energia térmica e transporte de massa. A seguir são apresentados alguns exemplos das aplicações de fenômenos de transporte. Engenharia Civil e Arquitetura : hidráulica, hidrologia e conforto térmico de edificações; Engenharia Sanitária e Ambiental : estudo da difusão de poluentes e tratamento de resíduos; Engenharia Elétrica e Eletrônica : cálculos da dissipação térmica e de potência; Engenharia Química : todas as Operações Unitárias; Engenharia Mecânica : usinagem, tratamentos térmicos, máquinas hidráulicas, máquinas térmicas (motores e refrigeração) e aeronáutica (aerodinâmica); Engenharia de Produção : otimização de processos, transporte de fluidos e de material, troca de calor e estudos de ciclo de vida. INTRODUÇÃO AS OPERAÇÕES UNITÁRIAS Processos Químicos: Toda indústria química envolve um conjunto de processos: Processo químico, Processo de estocagem de materiais, processo de compras, processo de pagamentos, etc. As operações unitárias serão importantes para execução dos processos químicos, físico-químicos, petroquímicos, etc. Um processo químico é um conjunto de ações executadas em etapas, que envolvem modificações da composição química, que geralmente são acompanhadas de certas modificações físicas ou de outra natureza, no material ou materiais que é (são) ponto de partida (matérias primas) para se obter o produto ou os produtos finais (ou acabados). Operações Unitárias Cada etapa dentro do processo que tem princípios fundamentais independentes da substância (ou substâncias), que está sendo operada e de outras características do sistema, pode ser considerada uma operação unitária. O engenheiro A. D. Little (1915) apresenta um conceito interessante para as operações unitárias: “Qualquer processo químico, em qualquer escala, pode ser decomposto numa série estruturada do que se podem denominar, operações unitárias, como moagem, homogeneização, aquecimento, calcinação, absorção, condensação, lixiviação, cristalização, filtração, dissolução, eletrólise, etc.
Background image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
2 Processo de Produção de Açúcar e Álcool. Desde 1915 foram acrescentadas outras operações unitárias a lista de Little como o transporte de
Background image of page 2
Image of page 3
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

This note was uploaded on 09/08/2011 for the course ENGENHARIA 25 taught by Professor Dian during the Spring '11 term at UFSCar.

Page1 / 13

OPIarquivo1 - 1 PRINCPIOS DE OPERAES UNITRIAS - UFSCar...

This preview shows document pages 1 - 3. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online