Linguagem LISP - Linguagem LISP 1. Aspectos Gerais O que é...

Info iconThis preview shows pages 1–3. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full DocumentRight Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: Linguagem LISP 1. Aspectos Gerais O que é LISP? LISP é uma linguagem de programação funcional. Foi inventado por J. McCarthy em 1959. Houve épocas em que havia muitos dialetos de LISP. Hoje em dia LISP está estandardizado no padrão COMMON LISP. Há aplicações de LISP nos domínios do processamento simbólico e de conhecimento (IA), processamento numérico (MACLISP), e na confecção de programas muito difundidos como editores (EMACS) e CAD (AUTOCAD). O texto de referência padrão da linguagem é: Guy L. Steele Jr.: Common Lisp - The Language. Digital Press. 1. edition 1984, 465 pages. 2. edition 1990, 1032 pages. Este livro está disponível em HTML via FTP de: ftp.cs.cmu.edu:/user/ai/lang/lisp/doc/cltl/cltl_ht.tgz and http://www.cs.cmu.edu:8001/Web/Groups/AI/html/cltl/cltl2.html http://www.cs.cmu.edu:8001/afs/cs/project/ai-repository/ai/html/cltl/cltl2.html LISP é rodado em um ambiente interativo. Você entra com "forms" - conjuntos de expressões - e elas são avaliadas de uma só vez. Você também pode inspecionar variáveis, chamar funções com argumentos dados e definir suas pr'oprias funções. No decorrer desta disciplina, nos vamos utilizar o CLISP, uma implementação de COMMON LISP. CLISP está quase completamente de acordo (99%) com a definição de COMMON LISP e inclui ainda CLOS, um dialeto LISP orientado a objetos. Common Lisp é • uma linguagem de programação funcional com usos convencionais e uma linguagem para Inteligência Artificial • interativo Programas em Common Lisp são altamente portáveis entre máquinas e sistemas operacionais (there is a standard for the language and the library functions) Common Lisp provê • sintaxe clara • muitos tipos de dados: numbers, strings, arrays, lists, characters, symbols, structures, streams etc. • tipagem em tempo de execução: o programador geralmente não precisa se preocupar com declarações de tipo, mas ele recebe mensagens de erro caso haja violações de tipo (operações ilegais) . • Funções genéricas: 88 arithmetic functions for all kinds of numbers (integers, ratios, floating point numbers, complex numbers), 44 search/filter/sort functions para listas, arrays e strings • gerenciamento de memória automático (garbage collection) • pacoteamento (packaging) de programas em módulos • um sistema de objetos, funções genéricas com a possibilidade de combinação de métodos. • macros: todo programador pode realizar suas próprias extensões da linguagem A implementação de Common Lisp CLISP provê: • um interpretador. • um compilador para executáveis até 5 vezes mais rápidos. • todos os tipos de dados com tamanho ilimitado (a precisão e o tamanho de uma variável não necessita de ser declarado, o tamanho de listas e arrays altera-se dinamicamente) • integers de precisão arbitrária, precisão de ponto flutuante ilimitada....
View Full Document

This note was uploaded on 04/02/2012 for the course DC 11 taught by Professor Milton during the Spring '12 term at Alaska Pacific University.

Page1 / 23

Linguagem LISP - Linguagem LISP 1. Aspectos Gerais O que é...

This preview shows document pages 1 - 3. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon
Ask a homework question - tutors are online