Acionamentos de Maquinas - Motores - Inversores e Soft starter's

Por ser um motor onde o conjugado desenvolvido

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: amada ´´Kick Start´´ . Esta função faz com que seja aplicado no motor um pulso de tensão com amplitude e duração programáveis para que o motor possa desenvolver um conjugado de partida suficiente para vencer o atrito, e assim acelerar a carga. Deve-se ter muito cuidado com esta função, pois ela somente deverá ser usada nos casos onde seja estritamente necessária. 45 Devemos observar alguns aspectos importantes relacionados com esta função, já que a mesma poderá ser mal interpretada e, desta forma, comprometer a definição com relação ao seu uso, inclusive o do próprio sistema de acionamento. Como a tensão de partida poderá ser ajustada próximo da tensão nominal, mesmo que por um pequeno intervalo de tempo, a corrente de partida irá atingir valores muito próximos daqueles registrados na placa do motor ou folha de dados do motor. Isto é claramente indesejável, pois a utilização da soft-starter nestes casos advém da necessidade de garantir-se uma partida suave, seja eletricamente ou seja mecanicamente. Desta forma podemos considerar este recurso como sendo aquele que deverá ser usado em última instância, ou quando realmente ficar óbvia a condição severa de partida. A figura abaixo nos mostra o gráfico desta função; Figura – Representação gráfica da função ´´Kick Start´´ • Limitação de corrente Na maioria dos casos onde a carga apresenta uma inércia elevada, então neste caso particular é utilizada uma função denominada limitação de corrente. Esta função faz com que o sistema rede/soft-starter forneça ao motor somente a corrente necessária para que seja executada a aceleração da carga. Este recurso é sempre muito útil pois garante um acionamento realmente suave e torna-se ótimo para a viabilização de partidas de motores em locais onde a rede encontra-se no limite de sua capacidade. Normalmente nestes casos a condição de corrente na partida faz com que o sistema de proteção da instalação atue, impedindo assim o funcionamento normal de toda a instalação. Ocorre então a necessidade de se impor um valor limite de corrente de partida de forma a permitir o acionamento do equipamento, bem como de to...
View Full Document

This note was uploaded on 05/21/2012 for the course ELECTRIC E 102 taught by Professor Guimaraes during the Spring '12 term at Universidade Estadual Paulista.

Ask a homework question - tutors are online