Técnicas de Redação

Técnicas de...

Info icon This preview shows pages 1–4. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
Redação Marcelo Paiva 1
Image of page 1

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Aula 1 O ato de redigir Não tenhas medo das palavras grandes, pois se referem a pequenas coisas. Para o que é grande os nomes são pequenos: assim a vida e a morte, a paz e a guerra, a noite, o dia, a fé, o amor e o lar. Aprende a usar, com grandeza, as palavras pequenas. Verás como é difícil fazê-lo, mas conseguirás dizer o que queres dizer. Entretanto, quando não souberes o que queres dizer, usa palavras grandes, que geralmente servem para enganar os pequenos . Arthur Kudner (para seu filho) A redação para concurso traz em si as bases de qualquer tipo de composição. Como, no entanto, ela encontra-se a serviço de um objetivo próprio e bastante específico, seu estilo apresenta características peculiares que a distinguem da redação literária ou rotineira. Enquanto a linguagem literária visa, predominantemente, a expressar e comunicar emoções, sentimentos ou vivências psicológicas, o texto para um concurso tem função primordial de desenvolver idéias, ora fundamentalmente informativas, ora fortemente argumentativas. Aula 2 Linguagem oral e linguagem escrita Efetuar-se-á o processo da comunicação por meio da linguagem oral ou da escrita basicamente. A expressão escrita difere, sensivelmente, da oral, muito embora a língua seja a mesma. Não há dúvidas: ninguém fala como escreve ou vice-versa. Em contato direto com o falante, a língua falada é mais espontânea, mais viva, mais concreta, menos preocupada com a gramática. Conta com vocabulário mais limitado, embora em permanente renovação. Já na linguagem escrita o contato com quem escreve e com quem lê é indireto, daí seu caráter mais abstrato, mais refletido. Exige permanente esforço de elaboração e está mais sujeita aos preceitos gramaticais. O vocabulário caracteriza-se por ser mais conservador. A língua falada está provida de recursos extralingüísticos, contextuais – gestos, postura, expressões faciais – que, por vezes, esclarecem ou complementam o sentido da comunicação. O interlocutor presente torna a língua falada mais alusiva, ao passo que a escrita é mais precisa. 2
Image of page 2
Aula 3 Níveis de Linguagem A eficiência do ato de comunicação depende, entre outros requisitos, do uso adequado do nível de linguagem. Enquanto código ou sistema, a língua abre possibilidades de um sem- número de usos que os falantes podem adotar segundo as exigências situacionais da comunicação. Às variações – sociais ou individuais – que se observam na utilização da linguagem cabe o nome de variantes lingüísticas (dialetos). Dá-se o nome de fala, níveis de linguagem ou registros às variações quanto ao uso da linguagem pelo mesmo falante, impostas pela variedade de situação. Para nosso estudo presente, interessa-nos duas modalidades: Linguagem culta ( sermo urbanus ou sermo eruditus ). Utilizam-na as classes intelectuais da sociedade, mais na forma escrita e, menos, na oral. É de uso nos meios diplomáticos e científicos, nos discursos e sermões, nos tratados jurídicos e nas sessões do tribunal. O vocabulário é rico e são observadas as
Image of page 3

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Image of page 4
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern