Algumas das obras em infra estruturas rodovirias que

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: amente para reduzir o saldo da balança de transacções correntes e, consequentemente, para diminuir a dívida externa no longo prazo. Por último é importante referir que o plano de investimentos em barragens promovido pelo Governo, não implica acréscimos de despesa para o Estado. De facto, o valor da energia gerada pelos novos equipamentos consegue financiar as despesas de investimento, permitindo que este seja realizado por concessão a privados. As concessões incluem o pagamento de transferências para o Estado, o que significa que os investimentos em barragens contribuem para reduzir a divida pública. I.3.3.2. Requalificar as Escolas O reforço de uma oferta de ensino público de qualidade é o maior factor de garantia de uma efectiva igualdade de oportunidades. Os investimentos na melhoria das escolas e dos respectivos equipamentos RELATÓRIO OE2010 Reforçar a Confiança na Recuperação da Economia e das Finanças Públicas em curso, nomeadamente tecnológicos, são uma forma de promover oportunidades iguais para alunos de diferentes meios sociais e económicos, e de diferentes partes do País. Dar oportunidades a todos permite aproveitar melhor o recurso mais valioso de que o País dispõe. As discrepâncias das taxas de abandono escolar ainda existentes mostram um quadro de forte desperdício de potencial de capital humano, concentrado em regiões e em meios sociais mais desfavorecidos. Os investimentos nas escolas públicas são um instrumento necessário para melhorar a qualidade da escola pública e para cumprir o objectivo de aumentar a escolaridade obrigatória para os 12 anos de escolaridade. O referido aumento da escolaridade obrigatória, a par com o esforço de melhoria de qualidade, são factores decisivos para elevar o nível de qualificações do País. Este é talvez o factor mais decisivo para o crescimento económico e competitividade de Portugal no longo prazo. Com vista a concretizar a universalização da frequência do ensino secundário, o Governo tem vindo a reforçar as condições das instalações e do equipamento das escolas secundárias. Desde 2007, está a ser...
View Full Document

This document was uploaded on 11/28/2013.

Ask a homework question - tutors are online