Extino citius projecto de desmaterializao dos

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: úmero médio de formandos participantes nas acções de formação foi superior ao inicialmente previsto. MNE/IPAD – Cooperação Técnico-Policial RELATÓRIO OE2010 Anexos • A eficiência da utilização dos recursos humanos e materiais permitiu a replicação de acções e a realização de acções não previstas pela PSP e GNR em Angola e Moçambique. Indicador 1.1.1.3. MNE/IPAD • Cooperação Técnico-Policial Angola – As acções de formação no domínio dos SEF foram reestruturadas, pelo que foram realizadas menos do que as previstas; Cabo-Verde - A entidade que promove as acções de formação da ANPC condensou as duas acções previstas numa única. No caso das acções de formação da PSP e GNR, os Planos de Actividades finais para 2009 contemplaram menos acções do que as previstas inicialmente; S. Tomé e Príncipe, Moçambique e Guiné-Bissau - O Plano de Actividades final do SEF para 2009 contemplou menos acções do que as previstas inicialmente. • No que se refere às bolsas técnico-militares de Angola, Cabo Verde, S. Tomé e Príncipe, Moçambique e Guiné-Bissau, registou-se um desvio negativo. As metas fixadas referiam-se aos contingentes possíveis, no entanto como o número final de bolseiros é sempre da responsabilidade de cada país e estes não solicitaram mais bolsas, o número atribuído ficou aquém do previsto; • Relativamente ao Projecto “Protocolo IPAD/Microsoft” é de referir que o Portal "Professores Inovadores" foi disponibilizado para 230 professores portugueses nos PALOP e TL, no entanto, como a formação destinada a 6 técnicos desses países se encontra ainda em fase de preparação pela Microsoft, não se prevê qualquer execução para o ano 2009; • Foi decidido superiormente que o projecto de Cooperação Técnico-Policial em Timor-Leste não seria executado no ano 2009. Objectivo 1.1.2: Contribuir para a melhoria da governação e para uma gestão mais eficiente e eficaz dos recursos públicos, através da concessão de créditos de ajuda aos países em desenvolvimento, tendo em vista apoiar os seus planos nacionais de desenvolvimento e aprofundar o relacionamento económico entre o sector empresarial português e o sector empresarial dos países beneficiários. Organismo implementador: MFAP – DGTF HISTÓRICO FÓRMULA PONDERAÇÃO TIPO METAS UNIDADE 2008 2009 2010 2011 2012 2013 40% 50% 55% 60% 60% PREVISÃO DESVIO Execução EXECUÇÃO 2009 1º sem/2009 2009 Indicador 1.1.2.1...
View Full Document

This document was uploaded on 11/28/2013.

Ask a homework question - tutors are online