Os projectos aqui considerados envolvem reas diversas

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: (24 milhões de euros). Quadro IV.74. Ministério da Cultura – Despesa Total Consolidada (Milhões de euros) 2009 2010 Estimativa Orçamento 153,5 Estado 1. Funcionamento Variação (%) 177,9 Estrutura 2010 (%) 15,9 66,5 100,8 101,0 0,2 37,8 1.1. Com cobertura em receitas gerais 85,9 82,6 -3,8 30,9 1.2. Com cobertura em receitas consignadas 14,9 18,4 23,5 6,9 52,7 52,5 0,2 89,1 209,5 76,9 65,5 11,4 89,6 236,3 45,9 24,8 5600,0 0,6 12,8 28,7 24,5 4,3 33,5 33,1 31,2 2. Investimentos do Plano 2.1.Financiamento nacional 2.2.Financiamento comunitária Serviços e Fundos Autónomos DESPESA TOTAL CONSOLIDADA Consolidação entre subsectores - A despesa associada ao subsector dos Serviços e Fundos Autónomos totaliza 89,6 milhões de euros, a que corresponde um acréscimo de 0,6% relativamente à estimativa de execução de 2009. Este acréscimo reflecte-se no Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, I.P. e no Instituto dos Museus e da Conservação, I.P. Quadro IV.75. Ministério da Cultura – Despesa dos SFA por Fontes de Financiamento (Milhões de euros) Orçamento de 2010 2009 Estimativa Instituto de Gestão do Património Arquit. e Arqueológico, IP Instituto dos Museus e da Conservação, IP Fundo de Fomento Cultural Fundo de Salvaguarda do Património Cultural, IP Instituto do Cinema e do Audiovisual, IP Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema, IP Sub-Total Transferências intra-SFA DESPESA TOTAL CONSOLIDADA 18,6 19,0 31,1 Receitas Gerais Receitas Próprias 6,8 6,0 14,1 TransfeFinancia-mento rências das Comunitário AP 16,0 4,4 89,1 8,8 10,2 10,0 1,0 1,0 0,1 31,1 6,2 6,0 15,0 3,9 45,8 12,2 0,5 89,1 31,1 45,8 12,2 0,5 Outras Fontes Total Variação (%) 17,2 19,5 -22,5 0,0 21,8 22,7 24,1 1,0 16,0 4,0 89,6 0,0 89,6 0,6 0,5 A despesa do Ministério da Cultura por grandes agrupamentos económicos, evidencia ao nível dos Serviços Integrados o peso das despesas com o pessoal e das transferências e ao nível dos Serviços e Fundos Autónomos o peso das transferências e das aquisições de bens e serviços correntes e bens de capital destinados à requalificação e recuperação do património arquitectónico, hist...
View Full Document

This document was uploaded on 11/28/2013.

Ask a homework question - tutors are online