Para alcanar este objectivo a receita dever evoluir

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: um crescimento da procura externa relevante para Portugal e um aumento das taxas de juro de curto prazo. Antecipa-se, igualmente, (i) o aumento do preço do petróleo (estimandose um crescimento de 22% ao longo do ano), (ii) a apreciação do euro face ao dólar e o aumento da taxa de inflação, em linha com a aumento do preço das matérias-primas e do petróleo (Quadro II.10). De referir, ainda, que as hipóteses relativas ao enquadramento internacional têm em conta a informação disponível até ao início de Janeiro de 2010. 113 114 RELATÓRIO OE2010 Economia Portuguesa: Evolução Recente e Perspectivas para 2010 Quadro II.10. Enquadramento Internacional – Principais Hipóteses 2008 Taxas de juro de curto prazo (Euribor a 3 meses, %) 2009 2010 4,6 1,2 1,2 96,4 62,5 76,6 Taxa de câmbio (USD/EUR) 1,5 1,4 1,4 taxa de inflação na área do euro (IHPC, em %) 3,3 0,3 1,1 PIB na área do euro (taxa de variação, em volume, %) 0,6 -4,0 0,7 Procura externa (bens, taxa de variação, %) 2,5 -14,7 1,7 Preço spot do petróleo Brent (Dólares por barril) Fontes: Comissão Europeia e cálculos do Ministério das Finanças e da Administração Pública. Principais riscos e razões para algum optimismo Um dos principais riscos identificados pelas principais instituições internacionais quanto à intensidade da retoma reside na possível estagnação da procura privada nas economias avançadas. Neste caso, os Governos ver-se-iam confrontados com a seguinte escolha: i. manter os programas de relançamento da actividade económica, os quais provocariam um aumento do défice e da dívida pública ou ii. suprimir os referidos programas progressivamente, com o risco de criar interacções negativas entre a actividade real, a saúde do sector financeiro e a situação orçamental. Também é considerado um risco potencial, a hipótese de uma subida significativa do preço do petróleo causada pelo facto da oferta não acompanhar o acréscimo da procura mundial, especialmente proveniente da China. De...
View Full Document

This document was uploaded on 11/28/2013.

Ask a homework question - tutors are online