Prosseguir se igualmente com a integrao de critrios

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: osseguimento da reestruturação e reconversão das vinhas, que será apoiado pelo Programa Nacional de Apoio ao Sector Vitivinícola 20092013, e perspectiva-se o lançamento da marca Vinhos de Portugal, uma marca “chapéu” para os vinhos nacionais, tendo em vista a criação de uma imagem única e apelativa. Relativamente às fileiras florestais, dar-se-á seguimento à fase inicial da execução da Estratégia Nacional das Florestas, com reforço do investimento em toda a cadeia produtiva. Será lançado um programa de promoção externa do móvel e dos produtos florestais, contratualizar-se-ão programas de I&D e Inovação, a realizar pelos centros de formação dos sectores e pela rede florestal, e criar-se-á a Academia Internacional da Madeira e do Móvel. A promoção da sustentabilidade dos espaços rurais e dos recursos naturais pressupõe, no âmbito da preservação da biodiversidade, a continuação dos planos de ordenamento de áreas protegidas. Relativamente à adaptação às alterações climáticas, irá ser adoptada uma Estratégia Nacional, relevando, para os solos rurais, a aplicação da medida que se traduz no apoio às pastagens biodiversas e à sementeira directa. Na área florestal, promover-se-á a Certificação Florestal, tendo em vista a valorização da floresta e o desenvolvimento do Carbon Footprint Labeling para os produtos de base florestal; concretizar-se-ão o Programa Nacional de Fitossanidade e o Programa de Erradicação e Controlo do Nemátodo da Madeira RELATÓRIO OE2010 Políticas Sectoriais para 2010 e Despesa Consolidada do Pinheiro; e valorizar-se-á o Centro de Biomassa para a Energia, acrescentando a sua vertente de observatório nacional e envolvendo as empresas do sector na sua gestão. Será ainda promovida a utilização sustentável dos solos rurais e o controlo de resíduos de pesticidas. No plano da sanidade, implementar-se-á o sistema de identificação electrónica em pequenos ruminantes, que é o garante de uma identificação fiável para assegurar a rastreabilidade desde o produtor ao consumidor; prosseguirão os Planos de Erradicação das Principais Doenças dos Animais; e será operacionalizado o Plano Nacional de Controlo Plurianual Integrado, que vis...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online