Quadro iii61 evoluo dos resultados operacionais 2005

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: al e nos fundos aplicados nas instituições de crédito é representado no quadro seguinte: Quadro III.51. Situação da Tesouraria – Saldos Pontuais (Milhões de euros) 2006 2008 2009 Dez Contas no BdP 2007 Dez Dez D ez (P ) 0 Apli. Financeiras nas IC Contas em Divisas 0 0 2,41 1 779,00 977,33 1447,16 884,13 8,22 7 27,09 16,64 Contas Cofres Consulares 6,6 3,83 4,01 4,04 Contas Receb. IGCP-DUC 28,5 99,61 118,92 131,91 2,79 14,01 Outras Contas Bancárias Contas Caixas nas IC - Alfândegas 543 165,37 116,85 81,02 271,6 279,96 332,91 63,56 6,2 89,9 301,58 110 244,5 238,68 202,56 65,12 292,4 301,26 187,11 14,76 4,6 17,97 24,52 8,6 0,15 - Serviços Locais Finanças 1,85 Contas Caixas do Tesouro - Alfândegas - Serviços Locais Finanças Contas Caixas Tesouro - CTT - SIBS - IRN Depósitos Externos nas IC 38 19,32 6,97 3,71 Cheques a Cobrar 0,8 1,22 0,43 0,27 3 222,20 2 221,54 2 762,60 1 393,61 TOTAL Fonte: Ministério das Finanças e da Administração Pública. (P) Previsão. Centralização de Fundos Nos últimos três anos, tem-se assistido à estabilização dos valores à ordem e das aplicações dos serviços e fundos autónomos e das entidades públicas empresariais, podendo concluir-se que o saldo de terceiros, que tem rondado os 7.000 milhões de euros, reflecte o esforço que tem vindo a ser prosseguido no sentido da centralização de fundos. Quadro III.52. Centralização de Fundos de Terceiros – Contas da Tesouraria Depós i tos à Depós i tos a CEDIC TOTAL Ordem Pra zo (1) (2) (3) (4)= (1)+(2)+(3) Dez‐05 2.268,00 61,00 1.802,80 4.131,80 Dez‐06 2.593,60 132,00 2.884,00 5.609,60 Dez‐07 3.218,81 0,00 4.171,68 7.390,49 Dez‐08 2.524,68 0,00 4.183,05 6.707,74 183 RELATÓRIO OE2010 Situação Financeira das Administrações Públicas A actividade que tem vindo a ser desenvolvida pela Tesouraria Central do Estado atingiu índices de centralização de fundos públicos na tesouraria do Estado que rondam os 95%, com os consequentes benefícios em termos de optimização da gestão da dívida pública. Gráfico III.18. Centralização de Fundos de Terceiros – Contas da Tesouraria Percentagem de Cumprimento do Princípio da Unidade de Tesouraria do Estado 100 90 Percentagem 184 80 70 2005 Percentagem de Cumprimento 74 2007 81 2008 1º Semestre 2009 83 2006 95 96 Anos Fonte: Fonte: Ministério das Finanças e da Administração Pública/IGCP. III.5. Tra...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online