Relatrio oe2010 polticas sectoriais para 2010 e

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: ão de bens e serviços transaccionáveis. A utilização dos meios disponibilizados pelo QREN é fundamental neste domínio, por via da articulação dos instrumentos específicos de apoio aos Pólos de Competitividade, com outros instrumentos de política pública, nomeadamente linhas de crédito e capital de risco; pela criação de uma Rede Nacional de Pólos de Competitividade que fomente a cooperação interclusters e o apoio a acções que estimulem a sua visibilidade internacional; pela promoção do co-financiamento público dos projectos âncora inseridos na estratégia dos Pólos, através dos programas do QREN; e pelo reforço dos programas de formação avançada de recursos humanos desenvolvidos em parceria com as empresas; os apoios a I&D, concretizados em parceira entre empresas e instituições de ensino superior; e os programas de mobilidade empresa/ensino superior de docentes e alunos de formação avançada. Relativamente ao anterior período de programação, a execução física e financeira do QCA III foi prolongada até final de Junho de 2009, em conformidade com a prorrogação de prazo conferida pela Comissão Europeia, permitindo assim, alcançar a plena execução das verbas programadas para aquele período. A execução do Fundo de Coesão II prosseguirá até final de 2010. Para o ano de 2010, a gestão dos fundos comunitários com finalidade estrutural, concentrar-se-á na forte aceleração do ritmo de execução do QREN, de modo a atingir níveis de execução física e financeira mais ajustados à programação dos vários fundos. A execução prosseguirá as prioridades estratégicas definidas pelo Governo, destacando-se o fortalecimento da competitividade, a promoção do crescimento do capital humano e a valorização do território. Aprofundamento da Internacionalização da Economia Portuguesa A estratégia de recuperação da economia portuguesa em 2010, passa pelo aumento da exportações e pela internacionalização da economia, procurando-...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online