0 c11c b01j f02d a01h figura 54 assuntos das patentes

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: es relacionados ao biodiesel é de 319 (desconsiderando-se, portanto, as patentes de “Pessoa física”). O Gráfico 16 apresenta a evolução da quantidade de organizações que passam, ao longo da série histórica, a registrar patentes em biodiesel. O mesmo possibilita a visualização do crescimento do quantitativo de organizações de modo cumulativo e não cumulativo. 350 319 317 282 300 250 183 200 138 150 131 91 100 47 50 60 57 47 18 50 30 18 3 0 2000 2001 2002 2003 Não cumulativo 2004 2005 2006 2007 Cumulativo Gráfico 16 – Evolução das organizações que registraram patentes em biodiesel – Cumulativo e Não cumulativo (2000-2007) 211 O número de organizações demonstra-se crescente ao longo do período estudado (2000-2007). Mesmo que evolução do número não cumulativo de organizações sofra aparente redução nos anos de 2006 e 2007, observa-se o aumento do número cumulativo de organizações que passam a registrar patentes relacionadas ao biodiesel. A taxa média de crescimento cumulativo de organizações que registram patentes em biodiesel entre 2000 e 2005 é de, aproximadamente, 75%. Quando comparado o número cumulativo de organizações que registraram patentes em 2000 com a quantidade de organizações de 2005, observa-se uma diferença de quase 1467% (para o ano 2005). Comparando-se a quantidade de organizações (não cumulativos) que passam a registrar patentes ano a ano, verifica-se aumento médio crescente. O número de organizações que registraram em 2000 comparado com a quantidade em 2005 resulta em uma diferença positiva expressiva de, aproximadamente, 628%. O número médio anual de organizações que registraram patentes no período entre 2000 e 2005 foi de 57 (organizações/ano). A dispersão da produção de patentes pelas organizações A dispersão da produção de patentes deixa claro que não existe um núcleo de organizações que se destaque de maneira tão expressiva. Nem mesmo as três principais organizações do ranking (desconsiderando patentes de “Pessoa física”) possuem quantidade relevante de patentes registradas (a soma da Produção Tecnológica destas é de, aproximadamente, 5% de toda a produção das organizações estudadas). Da mesma forma como se procedeu com os artigos, relembra-se de Lotka (1926), a fim de observar a dispersão das organizações. Diante das limitações das análises da Produção Tecnológica a partir de patentes e da enorme dispersão e quantitativos, relativamente, pequenos de patentes por organização, acredita-se que a máxima “poucos com muito e muitos com pouco” pode ser aplicável nos casos das organizações produtoras de patentes em biodiesel. Caso essas limitações sejam relevadas, a aplicação do princípio poderia ser realizado. Essa dispersão é exibida para apreciação no Gráfico 17. 212 340 N. de organizações 100 95 35 20 10 12 10 8 7 8 6 4 2 1 1 1 1 1 1 Gráfico 17 – Número de organizações versus o de patentes registradas em biodiesel Das 319 organizações que registraram patent...
View Full Document

This document was uploaded on 01/24/2014.

Ask a homework question - tutors are online