136 a citao bibliogrfica a expresso de uma relao

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: e Oliveira (2006) os sucessos e insucessos das etapas relacionadas à difusão, visibilidade e acessibilidade estão atreladas à veiculação da publicação em veículos adequados, assim como a promoção da visibilidade nas bases de dados bibliográficas. • Avaliação pelos pares: vantagens, desvantagens e novos determinantes Um tema muito discutido atualmente, que vem causando mudanças nos padrões anteriormente estabelecidos para a comunicação científica formal, é o processo de avaliação de artigos científicos pelos pares (peer review). A revisão está intimamente relacionada com a comunicação científica em seus mais diversos aspectos, como qualidade, aceitação, difusão, visibilidade, e acessibilidade, que, por sua vez, influenciam e são influenciados pelos emergentes meios de comunicação eletrônica e bases de dados. O processo de avaliação pelos pares, de um modo amplo, consiste na avaliação por espetas da qualidade ou pertinência de determinada pesquisa por outro espeta no mesmo campo. Em comunicação cientifica ou mais precisamente na publicação de artigos científicos, pode ser considerada como um meio de validação, por um espeta no mesmo assunto, da qualidade do trabalho e confirmação de que o mesmo tem o mérito de ser veiculado em determinado periódico científico. A revisão pelos pares muitas vezes determinará a aceitação e reconhecimento do cientista em sua comunidade. Gitanjali (2001, p. 210), que define "peer" como "aquele que está em pé de igualdade com outro", lembra que o sistema possui vantagens e desvantagens. Como vantagem, existe uma óbvia melhoria da qualidade dos artigos publicados nas revistas científicas, com 92 consequente aumento da credibilidade dessas revistas e uma diminuição de problemas relacionados à credibilidade e originalidade científica, etc. Dentre as desvantagens mencionadas pelo autor (GITANJALI, 2001, p. 210), pode-se destacar, por exemplo, a possibilidade de que não haja subjetividade e isenção de preconceitos nos julgamentos. Para ele, problemas podem surgir com a vulnerabilidade da avaliação cega, o que poderá causar alguma injusta ou arbitrária rejeição de manuscritos. Além disso, relata problemas relacionados com a demora da publicação devido ao tempo gasto pela revisão, assim como, dúvidas quanto ao conhecimento e potencial do avaliador, que, muitas vezes, poder ser questionado. Em alguns casos, pode haver dificuldade dos avaliadores em aceitar novas ideias e hipóteses diferentes da predominante no momento é fato. Independentemente das limitações do processo de avaliação pelos pares, o sistema pode ser considerado um bom método de garantia da qualidade de artigos científicos. No entanto, outras indagações surgem atualmente, como é caso da crescente produção de novos conhecimentos, da multiplicação e especialização de periódicos e da transposição desses periódicos impressos, e também, do processo e avaliação pelos pares, para o formato eletrônico. Diante das indagações surgidas a partir do periódico eletrônico e de seu entorno, como é o caso da submissão e do peer review, pode-se citar Simeão (2006, p.138) que conside...
View Full Document

This document was uploaded on 01/24/2014.

Ask a homework question - tutors are online