5331 indicadores bibliomtricos e cientomtricos de

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: s de fomento com relação às principais vantagens e motivações inerentes às colaborações científicas: [...] a colaboração científica, pelo fato de envolver metas e objetivos comuns, onde todos compartilham da responsabilidade e do crédito por determinado empreendimento, soma capacidades e conhecimentos, melhora os resultados, poupa tempo, otimiza recursos materiais e financeiros, concentra e coordena esforços, aumenta o crédito dos resultados obtidos, aumenta a visibilidade de publicações, etc. (FUNARO et al, 2009, p.352). Análise de citações em ciência A citação, inserida no contexto de comunicação e Produção Científica, parte do princípio de que a informação contida no documento citado foi importante para a aquisição de novos conhecimentos pelo seu leitor, que por sua vez, reconhece a importância do mesmo para o seu campo científico e para o desenvolvimento de novas pesquisas. É componente fundamental no ciclo da 99 comunicação científica, o qual pode ser sintetizado em “publicação x citação x publicação”. A citação, em tese, pode ser considerada como a forma mais importante de atribuir crédito e reconhecimento a uma publicação científica. Para Macias-Chapula (1998, p. 136), a citação bibliográfica é a expressão de uma relação entre dois documentos: aquele que cita e aquele que é citado. Para o autor, “[...] o artigo de periódico com a sua lista de citações é, e provavelmente assim permanecerá, o meio universalmente aceito pelo qual a instituição científica registra e divulga os resultados de suas investigações.” Partindo dessas premissas, diversos indicadores bibliométricos são propostos e passam a ser utilizados para a análise da Produção Científica, sobretudo de artigos e periódicos. Com a evolução das tecnologias de informação e comunicação, algumas bases de dados de periódicos, como as Bases de dados do SCI e SSCI da Thomson, a SciELO, Scopus e o Google Acadêmico16, possibilitam a análise de citações. A análise de citações, atualmente, defronta-se com dois principais problemas. O primeiro refere-se à limitação da cobertura das bases de dados, que, via de rega não possui uma cobertura suficiente da Produção Científica de todos os países (normalmente nem mesmo de um único país) para se fazer análises completas, confiáveis e internacionalmente comparáveis (note que esta limitação também afeta estudos de produção e colaboração científica). A limitação da cobertura das bases de dados pode ser amenizada através do uso conjuntamente de várias bases de dados. O segundo problema refere-se à inexistência de uma teoria única de citações que explique os motivos que levam a um autor citar outro, o que, consequentemente, traz limitações aos Estudos Métricos da Informação baseados na citação. Em 1971, Weinstock apud Macias-Chapula (1998, p. 136) identificou 15 sérias funções específicas da citação, a saber: Prestar h...
View Full Document

This document was uploaded on 01/24/2014.

Ask a homework question - tutors are online