A figura 48 auxilia na anlise da produo tecnolgica

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: rva-se que o mesmo tem aumentado vertiginosamente o número de pedidos e registros, especialmente, nos últimos anos. Neste sentido, a WIPO (2009) identificou incremento de 29,7% nos pedidos de patentes chinesas (2008-2009), a qual é vertiginosamente superior que, até mesmo, a do Japão, que cresceu, no mesmo período, aproximadamente, 3,6%. Assim, os dados manifestam que existe um grupo de países que concentra a Produção Tecnológica em biodiesel, sendo possível destacar três grupos de países produtores. O grupo mais produtivo, composto por Estados Unidos, China, Alemanha e Japão. Um segundo grupo conta com Brasil, França, Coreia do Sul e Índia. Finalmente, o terceiro grupo tem como componentes a Austrália, Itália, Finlândia e Grã-Bretanha. A concentração da Produção Tecnológica, praticamente, se dá nesses três grupos de países, especialmente no primeiro grupo, que possui, aproximadamente, 70% de toda a produção global de patentes identificadas na base de dados DII no período de 2000-2007. Outro aspecto que merece consideração é descortinado quando se realiza a análise da evolução da Produção Tecnológica pelos países ao longo dos anos (Tabela 15). Alguns países, independentemente da sua posição no ranking, possuem uma produção constante, a ponto de deduzir-se que exista antes do ano 2000. É o caso dos Estados Unidos, Japão, Alemanha, dentre outros. Outros países merecem destaque pela, aparentemente, recente, mas vigorosa, implementação de pesquisas em biodiesel. Neste quesito a China merece destaque por ser um dos principais patenteadores, mas que apresenta uma produção mais substancial somente a partir do ano 2005. Independentemente das observações, pode-se inferir que, de maneira geral, a Produção Tecnológica medida a partir do registro de patentes, passou a incorporar – ou retornam – a, praticamente, todos os países somente nos anos recentes. 210 As organizações e sua Produção Tecnológica em biodiesel Como mencionado anteriormente, sempre que possível, os procedimentos para a análise da Produção Científica foram sendo adotados para a análise da Produção Tecnológica. No entanto, existem diferenças entre essas produções que devem ser destacadas. No momento da análise da Produção Tecnológica das organizações, existe uma importante diferença. As patentes podem ser registradas por pessoas físicas, ou seja, não existe a necessidade de que a mesma esteja atrelada a uma organização. Diante do exposto, na contagem de organizações para fins de elaboração de ranking de Produção Tecnológica segue-se a mesma lógica utilizada na contagem para a análise da Produção Científica, exceto pelo fato de que existe um ator diferente, cuja denominação surgirá nas análises como “Pessoa física”. Assim, não se utilizou o nome do inventor em cada uma das patentes como se as mesmas fossem organizações. O número de organizações identificadas e que possuem patent...
View Full Document

This document was uploaded on 01/24/2014.

Ask a homework question - tutors are online