A apresentao do ncleo de peridicos a partir da

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: momento, é importante relembrar que as patentes registradas por “Pessoa física” (160), por não possuírem, explicitamente, uma organização vinculada, não possuem atividades colaborativas internacionais. Isso não quer dizer que não existam atividades colaborativas entre “Pessoas físicas” de diferentes países, mas, no presente trabalho limitou-se ao estudo baseado na origem das organizações. Esses dados demonstram a síntese do processo de colaboração tecnológica entre os países. Comparando-se os dados, não é difícil inferir que o processo colaborativo internacional apresentado pelas patentes em biodiesel é praticamente inexistente. Colaboração entre organizações Analisando-se a Produção Tecnológica gerada pelas organizações, constatase que, do total de patentes de organizações (452), 399 patentes (88%) foram registradas por uma única organização. As patentes que contaram com mais de uma organização correspondem a 53 (12%). Do montante de patentes, as que apresentaram colaboração entre diferentes organizações esto distribuídos entre: 4 que possuem 3 organizações (7%) e 49 patentes com 2 organizações (93%). A evolução da quantidade de patentes registradas em colaboração e sem colaboração com outras organizações é apresentado no Gráfico 24. É evidente que, ao longo dos anos, houve um considerável aumento na tendência de colaboração tecnológica no âmbito das organizações. Da mesma forma, também houve aumentos significativos no número de patentes registradas por uma única organização. 252 Pode-se inferir que a evolução no número de organizações que passam a registrar patentes em colaboração dá-se, sobretudo, em organizações do mesmo país. Chega-se a essa conclusão após a visualização dos dados apresentados de colaboração tecnológica entre os países, que é substancialmente menor quando comparada com a colaboração tecnológica entre as organizações como um todo. 160 142 140 120 100 80 60 60 56 60 39 40 20 0 25 14 4 2000 4 2001 9 2002 9 2003 Sem colaboração 14 8 2004 3 5 2005 2006 0 2007 Com colaboração Gráfico 24 – Evolução das patentes registradas em biodiesel com e sem colaboração entre organizações (2000-2007) Observa-se que a quantidade de patentes registradas em colaboração entre organizações tem crescido menos do que as patentes registradas individualmente. Enquanto as patentes registradas em colaboração tiveram taxa de crescimento médio de 28% no período entre 2000 e 2005, as patentes sem colaboração entre organizações cresceram 59%. Estes dados demonstram que a Produção Tecnológica ainda é uma atividade pouco colaborativa. Redes de colaboração entre tipos de organizações Das 399 patentes sem atividade colaborativa, 255 são de organizações categorizadas em Empresas e Institutos Privados de Pesquisa (EIPPs), 121 são de Instituições de Ensino e Institutos Públicos de Pesquisa (IEIPPs) e 23 são da categoria “Não identificado”. Das 53 patentes elaboradas com algum tipo de colaboração, ocorreram as mais diversas combinações de tipos de organizações e modalidades de registro de patentes (Tabela 22). 253 Tabela 22 – Modalidades de registro de patentes pelos tipos de organizações identificadas em biodiesel Tipo de registro Quantidade % a) Patentes que contém apenas Empresas e Institutos Privados de 287 Pesquisa - Patentes de Empresas e Institutos Privados de Pesquisa (individual) 25...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online