A temtica no a que possui maior quantidade de artigos

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: ado, um grupo de países com um número de organizações que permite realizar análises com certa margem de segurança. A Áustria é um dos países que se destaca por ter 8 organizações, mas, no entanto, somente 1 na categoria Empresas e Institutos Privados de Pesquisa. A Bélgica, apesar de o número ser relativamente pequeno (7 organizações), possui a maioria delas enquadradas em Empresas e Institutos Privados de Pesquisa (4) superando o número de Instituições de Ensino e 139 Institutos Públicos de Pesquisa (3). Mesmo que o quantitativo geral de organizações seja, relativamente, pequeno, o fato não deixa de ser interessante. A Tabela 4 proporciona aprofundamento da dinâmica apresentada no Gráfico 7 e melhor compreensão das relações verticais entre a C&T. A ocorrência de organizações da categoria EIPPs produzindo artigos científicos, é por si só, considerada uma relação entre a C&T (Tecnologia Ciência). Neste contexto, dois fatores devem ser considerados: a quantidade de organizações da categoria EIPPs e a quantidade de artigos produzidos pelas mesmas. Os países que possuem, proporcionalmente, as principais quantidades de organizações da categoria EIPPs produzindo artigos são o Japão, a Alemanha e o Canadá. O Japão possui 37 organizações produzindo artigos em biodiesel, sendo 13 (35%) EIPPs e 24 (65%) IEIPPs. A Alemanha conta com 43 organizações totais, sendo 15 (35%) EIPPs e 28 (65%) IEIPPs. O Canadá conta com 20 organizações engajadas na Produção Científica em biodiesel, sendo 7 (35%) organizações da categoria EIPPs e 13 (65%) organizações categorizadas em IEIPPs. Outros países que se destacam neste contexto são os Estados Unidos e a França. Os Estados Unidos contam com 30% de suas organizações produtoras de artigos na categoria EIPPs e a França 33%. Em uma posição intermediária encontram-se a Grã-Bretanha, Itália e Índia. A Grã-Bretanha possui 21% das suas organizações na categoria EIPPs, a Itália e a Índia possuem 17%. Com dinâmica oposta, ou seja, países com quantidade, relativamente, baixa de organizações da categoria EIPPs produzindo artigos, estão China, Brasil, Espanha e Taiwan. Constata-se serem países que possuem baixa penetração de EIPPs no ambiente científico, portanto, baixa relação do tipo Tecnologia Ciência. Estes possuem entre 3% e 9% de ocorrência de organizações da categoria EIPPs. Com relação ao aspecto de produtividade, observa-se que o Japão conta com maiores produtividades de artigos publicados por organizações da categoria EIPPs. O país possui o total de 101 artigos publicados, dos quais 22 (22%) foram publicados com a participação de EIPPs e 79 (78%) por organizações da categoria IEIPPs. Outro país que possui destaque quanto à produção científica gerada por EIPPs é a Alemanha, que possui 82 artigos publicados, sendo 17 (21%) de organizações da categoria EIPPs e 65 (79%) IEIPPs. 140 Tabela 4 – Organizações por país, categoria e suas Produções Científicas Org. EIPP(s) Org. IEIPP(s) Quantidade %...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online