Estudos com enfoques econmicos polticos e hiostricos

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: ão observados, por países, visualizase que existem aqueles que possuem Instituições de Ensino e Institutos Públicos de Pesquisa (IEIPPs), mas que não possuem Empresas e Institutos Privados de Pesquisa (EIPPs) e vice-versa. A análise desses dados pode auxiliar no entendimento do Sistema Nacional de Inovação desses países. Pode-se, inclusive, auxiliar na realização de deduções e inferências sobre as relações entre C&T dos mesmos. Antes de continuar as análises, salienta-se, novamente, que a forma de contagem do número de artigos sofre alterações. Como afirmado anteriormente, as organizações Cargill Inc., Shell Global Solutions e Agilent Technologies, possuem artigos publicados por pesquisadores de mais de um país. Como se tratam de três artigos, na contagem para as análises dos tópicos que cruzam as variáveis “número de países” e “número de organizações” aumenta-se o número de organizações totais, passando de 547 para 551 (dois artigos correm em dois países e um artigo ocorre em três países). Quando desconsideradas as organizações onde não se identificou a respectiva categoria (3), totaliza-se 548. No ranking apresentado (ANEXO III), a solução, como já explicitado, deu-se com a separação dos países por uma barra oblíqua (/). No conjunto de países a ser analisado no presente tópico, tal alternativa não é aplicável. A imensa maioria dos países (Gráfico 7) possui organizações na categoria intitulada Instituições de Ensino e Institutos Públicos de Pesquisa. A única 138 exceção é a Noruega, que possui apenas um artigo e o mesmo é de uma organização da categoria Empresas e Institutos Privados de Pesquisa. A quantidade de países que possuem apenas organizações categorizadas em Instituições de Ensino e Institutos Públicos de Pesquisa é relativamente grande. Em outras palavras, são 9 os países que não possuem nenhuma organização na categoria Empresas e Institutos Privados de Pesquisa. De modo geral e preliminar, pode-se afirmar que não há indicação, a partir desse dado, da existência de relação entre a C&T nesses países, ao menos na área de biodiesel. 36 84 2 15 28 3 39 8 30 13 24 6 3 30 31 28 21 1 1 7 31 13 14 13 1 8 4 3 7 6 3 8 1 3 4 6 3 2 4 1 4 1 31 31 21 3 3 3 3 1 1 1 1 1 0 20 40 Instituições de Ensino e Institutos Públicos de Pesquisa 60 80 100 Empresas e Institutos Privados de Pesquisa 120 140 Não identificado Gráfico 7 – Tipo de organização produtora de artigos por país Há que se considerar, nos casos em que há quantidade muito pequena de organizações e de Produção Científica em biodiesel, como é o caso da África do Sul, México, Rússia, Suíça, Noruega, Cingapura, Dinamarca, dentre outros, que não há dados suficientes para inferir sobre a existência de relações entre C&T. É possível que em países com número baixo de organizações não haja, na verdade, interesse no desenvolvimento científico na temática como um todo. Existe, por outro l...
View Full Document

This document was uploaded on 01/24/2014.

Ask a homework question - tutors are online