North d akota thermo f isher s cientific inc u niv

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: e que esses dois casos, aparentemente paradoxais, demonstram fortes relações entre a Ciência e a Tecnologia e a complexidade de um SNI. A publicação de um artigo por empresas é uma questão complexa. Sandström, Petersson e Nilsson (2000), consideram que, por um lado, pode ser prática desestimulada, evitando-se benefícios aos concorrentes, os quais podem compreender os temas de interesse de pesquisa de determinada organização. Por outro lado, elas, algumas vezes, podem publicar os resultados de suas pesquisas para impedir o registro de patentes pelos concorrentes, refletindo, mais uma estratégia de negócios, do que o conhecimento produzido pela mesma. A rede global de organizações que produziram artigos colaborativamente em biodiesel é representada na Figura 33. Esta exibe as organizações que possuem ao 182 menos um artigo em colaboração. Cada ponto, ou nó, do emaranhado de redes é um tipo de organização. Os pontos na cor azul representam as organizações categorizadas em IEIPPs, os pontos em vermelho as EIPPs e as organizações “Não identificado” são os nós de cor verde. Figura 33 – Rede de global de organizações que produziram colaborativamente artigos científicos em biodiesel A Figura 33 foi apresentada com o objetivo de propiciar uma visão geral das organizações e seus mais diversos tipos de relações. Para maior clareza, considerase pertinente analisar os artigos que possuem uma ou mais organizações categorizadas em Empresas e Institutos Privados de Pesquisa (EIPPs) e, em um segundo momento, analisar as informações e redes de relações de cada um dos países, em especial aqueles que possuem um quantitativo mais representativo de Produção Científica. A Figura 34 apresenta informações que auxiliam no entendimento das relações verticais entre Ciência e Tecnologia. É um recorte da rede global de organizações e foi construída apenas com artigos que possuem 1 ou mais organizações categorizadas em EIPPs, quer sejam esses artigos publicados conjuntamente, quer sejam ou individualmente. 183 A Figura 34 permite a visualização de diversas formas de relação verticais entre Ciência e Tecnologia. Considera-se que existem relações entre C&T em todo o tipo de artigo de organizações categorizadas em EIPPs. Assim, a publicação, individualmente, em colaboração com outras EIPPs ou com IEIPPs podem ser consideradas relações verticais entre a C&T (Tecnologia Ciência). Na Figura 34 os pontos, ou nós, na cor vermelha representam as organizações categorizadas em EIPPs, os azuis as IEIPPs e os verdes as organizações cuja categoria não foi identificada. As linhas são as ligações entre esses atores e as espessuras das mesmas indicam a intensidade das relações, ou seja, maior número de artigos publicados conjuntamente. Os pontos em vermelho, isolados, correspondem a 32 EIPPs que publicaram artigos isoladamente, sem colaboração com nenhum outro tipo de organização. Identificam-se, também, 102 relações entre 204 organizações que se dão em pequenas ligações entre duas organizações (díades). Essas relações se dão entre: a) EIPP(s) versus EIPP(s); b) EIPP(s) versus IEIPP(s) (vide Tabela 10). A complexidade das redes formadas pelas organizações começa a aumentar a partir do momento em que três organizações passam a figurar conjuntamente. São 39 grafos com três organizações. As suas formações podem ser: a) 2 EIPPs versus 1 EIPP; b) 2 IEIPPs...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online