O canad conta com 20 organizaes engajadas na produo

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: 91 2005 38 8 16 10 8 6 4 3 3 7 3 3 2 3 2 0 2 2 1 0 0 1 1 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 124 2006 42 30 18 12 11 13 11 13 7 5 6 6 2 5 1 1 4 1 1 1 4 2 1 2 1 1 0 0 0 0 0 0 0 201 2007 84 49 30 34 16 22 17 15 17 10 5 7 2 3 2 7 0 3 1 2 2 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 340 Total 242 100 83 68 66 61 53 43 42 33 27 20 14 14 11 8 7 7 7 6 6 6 5 5 5 4 3 3 1 1 1 1 1 954 % 25 10 9 7 7 6 6 5 4 3 3 2 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 100 128 O ranking da Tabela 2 representa o retrato da Produção Científica em biodiesel pelos países. Com Produção Científica mais substancial encontram–se os Estados Unidos, que possuem 25% de todos os artigos publicados no período. O segundo país maior produtor de artigos em biodiesel é a China, que apesar da, relativamente grande, produtividade, encontra-se bem abaixo dos Estados Unidos, com 10% de toda a Produção Científica do período. Os dados manifestam que há certa concentração da Produção Científica em biodiesel em um grupo pequeno de países. Estados Unidos, China, Índia, Brasil, Japão, Espanha, Alemanha, Canadá, Grã-Bretanha, Itália, França e Taiwan, respectivamente, estão localizados em posição relativamente privilegiada. Para se ter uma ideia da concentração da Produção Científica em um número reduzido de países, acrescenta-se que a soma de artigos dos 7 primeiros do ranking corresponde a 70% de toda a produção. Nesse grupo de países mais produtivos podemos encontrar aqueles que, reconhecidamente, possuem centros de excelência em pesquisa científica e tecnológica dos mais avançados, como, por exemplo, os Estados Unidos, Japão, Alemanha, França e Grã-Bretanha, bem como países que assumem uma posição intermediária, tanto do ponto de vista econômico e social, quanto do aparato em termos científicos e tecnológicos, que são o Brasil, a China e a Índia (PINTO DUARTE, 2008). É importante reconhecer que, com a utilização da base SciELO para a recuperação de artigos em biodiesel, o Brasil talvez tenha aumentado sua posição no ranking. No entanto, como foram apenas 6 artigos recuperados a partir da mesma, o país continuaria entre os primeiros, descendo, provavelmente, uma posição no ranking. Além disso, os artigos publicados na SciELO não são necessariamente provenientes de autores de organizações brasileiras. Inclusive, um dos artigos foi publicado por membro de uma organização da Alemanha. Outro aspecto que merece consideração é descortinado quando se realiza a análise da evolução da Produção Científica pelos países, ao longo dos anos (Tabela 2). Alguns países, independentemente da sua posição no ranking, possuem uma produção constante a ponto de deduzir-se que exista antes do ano 2000. É o caso dos Estados Unidos, Japão, Áustria, dentre outros. 129 Outros países merecem destaque pela, aparentemente recente, mas vigorosa, implementação de pesquisas em biodiesel. Neste quesito, a China merece destaque por ser o segundo maior produtor, mas que, apresenta uma produção mais substancial somente a partir do ano 2003. Independentemente das observações, pode-se inferir que, de maneira geral, as pesquisas em b...
View Full Document

This document was uploaded on 01/24/2014.

Ask a homework question - tutors are online