Para investigar esta questo lana se mo da anlise de

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: o Revista científica Livros Relatórios técnico-científicos Base de dados de patentes ou artigos Enciclopédias Eventos científicos Outros - não identificado Teses Catálogo ou manual técnico de empresas ou de produtos Revista de divulgação científica e tecnológica Normas técnicas Total Examinadores 284 29 28 24 9 7 5 5 3 3 2 399 Inventores 9 0 0 0 3 1 0 0 0 0 0 13 Total 293 29 28 24 12 8 5 5 3 3 2 412 % 71 7 7 6 3 2 1 1 1 1 0 100 Os dados apresentados na Tabela 25 demonstram claras relações verticais entre a C&T nas patentes relacionadas ao biodiesel. Constata-se que os documentos científicos (artigos de revistas, livros, eventos, teses) são os mais citados, onde se destacam as revistas científicas, com 71% do total das citações realizadas nas patentes. Esse dado, certamente, traz à tona a existência de relações verticais entre a C&T na Produção Tecnológica em biodiesel. Considera-se interessante confrontar os dados identificados na área de biodiesel, com os apresentados em outros estudos, no que se refere aos documentos “não patentes” citados e, em especial, citações a revistas científicas. Callaert et al (2006), ao estudarem as citações de patentes concedidas a revistas científicas e a outros documentos “não patentes”, concluem que, pouco mais da metade, referem-se a revistas científicas. Numericamente falando, verificaram que a porcentagem de revistas científicas citadas foi de 64% nas patentes indexadas na EPO e 55% nas da USPTO. O autor considera este indicador como um dos principais para mediar a “intensidade da ciência” nas patentes. Assim, pode-se inferir que a área de biodiesel é mais intensiva cientificamente que as patentes no âmbito global (na área de biodiesel as revistas científicas correspondem a 71% das citações a documentos “não patentes”). Na Tabela 26 são apresentados os 101 títulos de periódicos e as quantidades de vezes que foram citados (293) pelos inventores e examinadores das patentes. Os periódicos estão organizados por ordem decrescente de citação. 267 Pode-se fazer uma analogia dos periódicos mais citados e adaptá-los à lei de Bradford (1934), visualizando-se o núcleo e as zonas sucessivas. A apresentação do núcleo de periódicos, a partir da adaptação da lei formulada por Bradford, tem a intenção de tornar a apresentação dos dados didática, portanto, não foi discutida do ponto de vista teórico, sendo feita apenas a sua aplicação. A dinâmica das revistas citadas nas patentes relacionadas ao biodiesel possui grande semelhança com o proposto na lei de Bradford, confirmando a máxima: poucos periódicos produzem muito e muitos produzem pouco. No presente caso, as 4 primeiras revistas são responsáveis por aproximadamente um terço das citações na Produção Científica em biodiesel, as 20 revistas posteriores representam a citação outro terço e as demais revistas menos citadas (77) representam mais outro terço do total d...
View Full Document

Ask a homework question - tutors are online