Endividamento contratado porque existem clusulas que

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: ercício social. O exercício social em geral coincide com o ano civil. O balanço de uma empresa é diferente do dia em que foram feitos os financial reports. É a situação no momento, não necessariamente hoje em dia. É uma situação estática. Equação básica da Contabilidade: Ativos!=!Passivos!+!Patrimônio!Líquido! ! 16! O que significa o mesmo que: Investimento!total!=!Financiamento!Total! Recursos!=!Fontes!de!Recursos! As empresas precisam de dinheiro para investir e portanto, precisam de financiamento, que vem de credores e acionistas (passivo e patrimônio líquido). Os ativos envolvem as decisões de investimento e o passivo e o PL, as decisões de Financiamento. As empresas decidem investir em bens e direitos, ativo é investimento. Esse dinheiro é investido para ganhar mais dinheiro. Para investir, a empresa busca dinheiro de credores (obrigações exigíveis) e acionistas (obrigação, mas não exigível). A obrigação com os acionistas não pode ser cobrada, não podem processar as empresas. Existe uma obrigação, porém não formalmente exigível. Se a empresa não paga dividendo, os acionistas podem parar de investir, mas não é possível cobrar tais dividendos formalmente. Isso não quer dizer que as empresas não tenham obrigações para com os acionistas. Não vale a pena vender a ação se não receber dividendo, porque o valor de mercado será baixo. Antes de vender as ações, vão tentar mexer na empresa, trocar gerência, etc. A empresa tem investimentos nos ativos circulantes, isto é, tudo aquilo que realiza no exercício seguinte, vai renovando: Caixa, Inventários, Contas a Receber. A dinâmica é que entra e sai dinheiro no caixa, vende e emite duplicatas, estoques entram e saem periodicamente. Isso é chamado investimento no capital de giro (working capital), são investimentos no ciclo operacional. No longo prazo, existe o orçamento de capital - CAPEX, Capital Expenditure, ou dispêndio de capital. São também ativos, máquinas, depreciação acumulada, intangível, imobilizado. A diferença entre comprar uma máquina e a mercadoria para venda, a mercadoria pode vender e realizar no ciclo operacional, mas as máquinas são usadas e não vendidas, e o retorno delas será ao longo do tempo. Ambos capital de juros e CAPEX dependem do tipo de negócio. Determinados investimentos são inerentes ao negócio. Do lado direito, temos o passivo circulante, passivo não circulante e patrimônio líquido. Patrimônio líquido representa todo recurso que os proprietários entregaram para a empresa, desde sua fundação. São duas as contas, capital social e reservas de lucro. ! 17! Endividamento contratado é emissão de debêntures, títulos de dívidas, bond, tomou dinheiro emprestado não do banco, mas de vários investidores. É endividamento contratado porque existem cláusulas, que envolvem taxa de juros e data de pagamento. Não existe empréstimo sem custo. O proprietário não exige o custo do dinheiro, não está explícito mas a empresa precisa remunerar (PL). O endividamento contratado e patrimônio líquido têm custo de capital: juros para o banco, para o debenturista, etc. O acionista não paga juros, mas ao longo da história da empresa precisa entregar dividendos e valorização da ação. Dividendo não é custo, é distribuição de resultado. O dividendo é uma fração da remuneração do acionista, não a única. A empresa precisa remunerar o acionista, qual conta faz para isso? Hoje pagamos o preço de uma ação ($10 no momento 0). Em três momentos, paga dividendos de $0,80, $0,70 e $0,90. Isso é materialmente o que é colocado no bolso. No momento 3, o preço da ação é $12,50. O retorno será $0,80/$10, $0,70/$10, $0,90/$10 + $2,50/$10 da valorização da ação. É feita uma composição e acha o retorno médio, incluindo dividendos e aumento do capital. Para muitos, não faz diferença se é dividendo ou retorno de capital. Remuneração do acionista não é só dividendo. O endividamento espontâneo faz parte do passivo circulante, são Contas a Pagar (quando as compras são a prazo), Fornecedores a Pagar, Salários a Pagar, são passivos operacionais, surgem naturalmente na operação. Impostos a Pagar também fazem parte do passivo operacional, mas não juros. Empréstimos são endividamento espontâneo? Não. A empresa compra mercadoria e paga a prazo, mas não pega dinheiro emprestado naturalmente. Toda empresa compra a prazo, pega dinheiro no banco a curto prazo? Não. Fornecedor surge naturalmente e não tem juros. Empréstimo é passivo financeiro e tem custo. Endividamento espontâneo não tem custo de capital. É sempre melhor comprar a pagar mais para frente do que pegar dinheiro no banco para pagar à vista e cobrar juros, ainda que o fornecedor tenha juros (fornecedores ganham dinheiro com a venda, não com o juros, como os bancos, além de que os fornecedores precisam vender). O fornecedor cobrar ou não juros vai depender do poder do comprador. Discussão de oper...
View Full Document

This document was uploaded on 02/18/2014.

Ask a homework question - tutors are online