Por isso que a taxa de juros comea com rf risk free

Info iconThis preview shows page 1. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: • • • • Chapter 5: Interest Rates Rating Por que discutir taxa de juros aqui? Toda empresa possui um custo de capital. A taxa de juros afeta todos os preços em uma economia e o reflexo é muito forte. A taxa de juros em um país surge da taxa baixa, do Copom. Como chega na taxa de capitação? Existe um agente econômico que paga a menor taxa de juros no país? Copom (Comitê de Política Monetária controlado pelo Banco Central, do governo federal). ! 12! Por que é o governo que começa com a taxa de juros e não um agente privado? Porque está acima de todas as agências. O governo fala a taxa e ninguém pode estabelecer taxa menor. Rf ou risk free. Por que o governo é risco zero quando comparado com qualquer outro agente econômico? Por que risco zero e de que tipo estamos falando? Risco default, inadimplência, calote. O governo não tem risco de inadimplência ou tem risco menor de inadimplência? Por que o risco de inadimplência é menor? A receita do governo vem dos tributos. A receita de qualquer agente privado vem de investimentos. A relação com qualquer empresa é de aquisição por escolha própria, e a empresa precisa entregar o objeto. A tributação é obrigatória e não se recebe nada imediatamente em troca. O governo tem garantia de receita. Para ter mais receita, o governo aumenta a alíquota ou cria tributos. A empresa não pode aumentar os preços toda hora. O título do governo é considerada livre de risco (de inadimplência) porque a receita dele é garantida. Além disso, uma dívida pode ser paga por uma outra dívida. Quem tem mais condições de emitir e colocar títulos no mercado? O governo. Obrigatoriamente, determinados investidores precisam ter títulos do governo. O governo pode pagar título emitindo moeda. Tem o monopólio da emissão de moeda (mas causaria inflação). É por isso que a taxa de juros começa com Rf, risk free rate (governo). O governo pode estar em uma situação ruim, mas os outros agentes também estarão em uma situação ruim. Por pior que esteja a situação do governo, ele terá condições melhores do que uma empresa. O que se adiciona na taxa livre de risco? Prêmio pela inflação. Antes era risco de default, mas o governo não pode garantir que não haverá inflação. Existe uma expectativa de inflação (IP). Como funciona, em uma economia razoavelmente estável? A partir de uma expectativa de inflação, soma-se à equação. Se a economia está fora de controle e a inflação não está mais previsível, a taxa de juros poderá ser pós-fixada. Em uma taxa de inflação extrema, não antecipa a inflação, ela é considerada posteriormente. A tendência, a longo prazo, é que a inflação estabilize. Se houver hipótese da inflação estourar, ninguém colocará dinheiro a longo prazo, só se a inflação for ser considerada posteriormente. Além disso, é somado o risco de inadimplência (default risk premium – DRP). É a o risco de inadimplência do tomador de empréstimos. Pensar em tesouraria do banco. A taxa de juros já foi sinalizada. Vai ter que tomar dinheiro emprestado, que taxa vão pagar? O tesoureiro precisa saber como é visto, qual risco representa. Se não colocar uma taxa realista, alguém vai colocar. No caso do banco, precisa tomar dinheiro emprestado e empresta também – pensar em quanto vão pagar e quanto vai cobrar de DRP. Quanto mais arriscada a entidade, maior o retorno que irá prometer a quem emprestou o dinheiro. Como o DRP é estimado? Entra o papel das agências de rating: S&P, Moodys, Fitch. O que essas pessoas fazem? Dão uma nota, olham a vida pregressa da empresa e do banco e principalmente, a perspectiva futura. Deve ser medido o risco de inadimplência: pode ser por meio de uma maneira formal, modelagem estatística, etc. Chega-se nisso de uma maneira objetiva. As notas são AAA (triple A - risco de default muito baixo). A rentabilidade é o yield. O spread é quanto o título paga a mais que o governo americano. Conforme a nota vai piorando, o risco é maior e a taxa é maior. No Brasil o spread é em relação à Selic. Quanto pior a nota, maior o risco de inadimplência, consequentemente a pessoa terá que pagar mais. D significa default. Do CCC para baixo são chamados junk bonds. A pessoa que vai emprestar para uma empresa sem classificação de risco cobrará também uma taxa muito alta. O título do governo não é totalmente livre de risco, há risco de inflação. ! 13! Existem outros dois elementos que afetam a taxa de juros. A liquidez (LP) é a facilidade de vender o ativo. Quem aplica dinheiro em um título não necessariamente fica com o título até o vencimento. Pode ser que em determinado dia haja mais resgate do que aplicação, se isso acontece, o fundo precisa vender papéis que têm em carteira, porque há mais resgate do que aplicação. Se o problema é que há mais aplicação do que resgate, a agência vai ter que comprar papel (mercado secundário de título). Aí entra o fato...
View Full Document

This document was uploaded on 02/18/2014.

Ask a homework question - tutors are online