A textura da rocha pode ser definida como o conjunto

Info icon This preview shows pages 127–129. Sign up to view the full content.

incluindo os eventos tectônicos de dobramento e falhamento. A textura da rocha pode ser definida como o conjunto de propriedades associadas à forma e ao arranjo geométrico dos constituintes, que se refletem na possibilidade ou não de visualização dos minerais e na granulação desde fina até grossa. Já a estrutura pode ser enten- dida como os aspectos observáveis no conjunto do maciço rochoso. A textura e a estrutura, juntas, refletem na existência de vazios e na conexão entre eles, associados à porosidade e à permeabilidade das rochas. Quanto ao tipo litológico, segundo a origem, as rochas podem ser ígneas, sedimentares ou metamórficas, que podem ser descritas como a seguir, segundo suas condições texturais e estruturais. a) Rochas ígneas: são originadas a altas temperaturas, a partir da consolidação do mag- ma. Dividem-se de acordo com suas condições de resfriamento, solidificação e cristalização. Assim, podem ser originadas desde rochas vulcânicas de granulação fina, até rochas plutôni- cas, que apresentam cristais de variadas dimensões, maiores quanto maior o tempo disponível para sua cristalização e resfriamento. A estrutura nessas rochas pode estar associada à for- mação ou não de descontinuidades (como as disjunções colunares) durante o resfriamento, ou ainda à existência de vesículas (vazios), relacionadas à presença de gases dissolvidos no magma quando de seu resfriamento. Como exemplos, podem ser citados os basaltos, que são rochas vulcânicas de granulação fina, as quais podem apresentar disjunções colunares, vesículas, dentre outras estruturas. b) Rochas Sedimentares: têm origem a partir da sedimentação de fragmentos de rochas e minerais, denominada de clástica ou da precipitação química. No caso de sedimentos clás- ticos, a granulometria e a estrutura de uma rocha sedimentar estão associadas ao ambiente de erosão, ao transporte e à deposição dos sedimentos que, submetidos a determinadas pressões, em geral de soterramento, são posteriormente litificados. No caso de rochas sedimentares não clásticas, algumas vezes solúveis, que podem ser denominadas de químicas, organogênicas ou residuais, destaca-se o calcário, do qual se originam vazios por dissolução, formando por vezes cavernas. No caso de terrenos cársticos (formados em rochas calcárias), a ocorrência de cavernas pode dar origem a rios subterrâneos. Na origem sedimentar clástica, de acordo com os ambientes, as rochas sedimentares podem exibir estruturas de estratificação, relacionadas ao acamamento, por exemplo, em ambientes eólicos, fluviais, marinhos ou de geleiras. Os grãos que compõem esses tipos rochosos individualmente podem ser arredondados ou angu-
Image of page 127

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Aspectos geológicos e infiltração 95 losos, próximos ou não ao formato de esfera, segundo o ambiente de transporte e deposição dos fragmentos. No contato entre os grãos pode ainda ocorrer cimentação. De acordo com a textura, associada à granulometria, as rochas podem ter grande quantidade de vazios interco- municantes. Um exemplo de rocha sedimentar clástica consiste nas rochas areníticas, que são,
Image of page 128
Image of page 129
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern