Os fluidos quente e frio entram na mesma extremidade

This preview shows page 2 - 4 out of 5 pages.

Os fluidos quente e frio entram na mesma extremidade do trocador de calor, fluem na mesma direção, e deixam juntos a outra extremidade. Contracorrente: Os fluidos quente e frio entram em extremidades opostas do trocador de calor e fluem em direções opostas. Esta é a disposição das correntes no presente experimento. A Figura 2 ilustra a disposição das correntes para este caso.
Image of page 2
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Figura 2 Trocador Tubular em correntes opostas Para se projetar um trocador deve-se relacionar a taxa global de transferência de calor (q) a temperaturas de entrada e saída (ΔT m ), o coeficiente global de transferência de calor (U) e a área superficial total de transferência de calor (A). q = A.U. ΔT m (Eq.1) Visto que a diferença de temperatura ΔT entre os fluidos quente e frio, varia com a posição no trocador de calor, trabalhando- se o ΔT m = diferença de temperatura média apropriada. Assim, a diferença de temperatura logarítmica é dada por: 1 2 1 2 ln m T T T T T −  = (Eq.2) Se a transferência de calor entre o trocador e as vizinhanças for desprezível, assim como as modificações de energia potencial e cinética, aplicam-se os balanços globais de energia aos fluidos quente e frio. Assim, os fluidos não sofrendo uma mudança de fase, e sendo aceita a hipótese de os calores específicos serem constantes, obtêm-se as seguintes expressões: ; Onde, é a vazão mássica (kg/s); c p é o calor específico (J/kg.K); T q é a temperatura média dos fluidos quentes; T f é a temperatura média dos fluidos frios; e é a localização designada entrada; s é a localização designada saída.
Image of page 3
Image of page 4

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 5 pages?

  • Fall '19
  • Fluido, engenharia química, Tubo

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture