Figura 7 diagrama mostrando a relação entre a

Info icon This preview shows pages 538–541. Sign up to view the full content.

Figura 7. Diagrama mostrando a relação entre a posição do nível d’água e os deslocamentos horizontais (GUIDICINI e NIEBLE, 1976). 4.2 Escorregamento da Serra do Mar na área da cota 500 (Curva da Onça) da Via Anchieta em São Paulo Teixeira e Kanji (1970) descreveram os escorregamentos da encosta da Serra do Mar na Via Anchieta, em São Paulo, na área denominada de Cota 500, ocorridos no final de 1964, abrangendo uma área de cerca de 200.000 m². A geologia é constituída por mica-xistos devido à ocorrência de intercalações xistosas no gnaisse. Sobrepostos às rochas e seus corresponden- tes solos residuais ocorriam dois depósitos de tálus (colúvios) onde aconteciam os escorre- gamentos. Os depósitos de tálus apresentavam-se saturados de água, com várias surgências e represamentos superficiais. Com o mapeamento das cicatrizes e fissuras dos escorregamentos, pôde-se delimitar: a área em movimento, sua direção principal de deslocamento, a ocorrência de escorregamentos secundários e a estimativa da profundidade do movimento.
Image of page 538

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Infiltração e movimentos de massas coluvionares saturadas 509 O mapeamento da área da Cota 500 está apresentado na Figura 8, em que estão in- dicados os elementos geológicos do embasamento aflorante e os elementos observáveis dos escorregamentos. Através dos dados de investigação (sondagens, ensaios, instrumentação) foi traçada a seção AA, longitudinalmente ao escorregamento (Figura 9). Há uma capa superior de tálus com espessura de 4 a 8 m, constituído de argilas e areia de granulação variada, e com muitos matacões distribuídos aleatoriamente. Sob o tálus, ocorre o horizonte de solo residual de mica-xisto com acamamento e bandeamento herdados da rocha, cuja espessura chega a 30 m. Há lentes de areia, mas o material pode como um todo ser caracterizado com um solo argiloso plástico e facilmente amolgável. O máximo deslocamento horizontalmedido no período de 6 meses, referente aos 190 marcos superficiais instalados na área, foi superior a 25 m e os deslocamentos verticais foram superiores a 8 m. As cristas dos escorregamentos chegaram a atingir tanto a pista ascendente como a descendente. Após os estudos, os autores verificaram que a encosta era instável e os movimentos eram intensificados pela percolação associada com a infiltração das águas das chuvas. A estabili- zação foi realizada através de DHPs longos (comprimentos superiores a 100 m) associados com impermeabilização superficial para reduzir a infiltração da água da chuva. Os drenos começaram a ser instalados da crista para o pé. Figura 8. Planta da área da Cota 500 com mapeamento geológico de superfície e das cicatrizes dos es- corregamentos (TEIXEIRA e KANJI, 1970). Figura 9. Seção transversal AA da área da Cota 500 (TEIXEIRA e KANJI, 1970).
Image of page 539
Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 510 Em alguns drenos, a vazão após a perfuração chegou a 20 m³/hora por algumas horas e após a estabilização passava a variar em função da infiltração proveniente da chuva. O sistema
Image of page 540

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Image of page 541
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern