Vazios do solo da variação da distância

Info icon This preview shows pages 387–389. Sign up to view the full content.

vazios do solo da variação da distância interplanar basal quando se analisa o comportamento dos solos expansivos. Portanto, entender-se o perfil de solo é fundamental para que se entenda o processo de infiltração. No presente estudo, o manto de intemperismo é espesso. Os ensaios e as estruturas de infiltração adotadas são pouco profundos. Assim, é possível entender que os resultados obtidos dizem respeito tão somente ao comportamento dos solos profundamente intempe- rizados. 3 Trincheiras como estruturas de infiltração As trincheiras de infiltração são estruturas que se caracterizam por atuarem pontual- mente e têm por objetivo captar, armazenar e infiltrar águas pluviais oriundas de áreas de ex- tensão limitada, tais como casas, edifícios, instalações comerciais, industriais, estacionamen- tos, e junto a ruas e avenidas. Ao mesmo tempo em que contribuem para reduzir o volume de águas pluviais escoados pelos sistemas de drenagem convencionais, as trincheiras diminuem as vazões máximas que provocam enchentes, alagamentos e inundações. São escavadas no solo de tal forma que caracterize uma estrutura linear na qual o com- primento prepondera sobre a largura, e esta pode ou não preponderar sobre a profundidade. Para maiores captações, geralmente a largura prepondera sobre a profundidade, ampliando a importância da infiltração vertical em detrimento da horizontal. As trincheiras podem ser ou não preenchidas com materiais drenantes, tais como sei- xo rolado, brita, pneus e garrafas PET. Neste capítulo, são apresentados os resultados de um estudo utilizando-se garrafas PET e Brita 2 como material de enchimento. Para comparação, utilizou-se também uma trincheira revestida com tijolo em crivo sem material de enchimen- to. Quando se utiliza material de enchimento, é recomendável o uso de um geotêxtil entre o enchimento e as paredes da trincheira, recobrindo-o. O geotêxtil tem a dupla função de atuar como filtro e como elemento de distribuição do fluxo nas laterais e no fundo da trincheira. No uso de material de enchimento, deve ser privilegiada a maior porosidade para esse material, de modo a maximizar a capacidade de armazenamento e minimizar a perda de energia no fluxo interno. Sobre o geotêxtil que recobre a trincheira é recomendável a colocação de uma camada de aproximadamente 10 cm de material permeável, de modo a protegê-lo contra os raios solares e outros danos. Além de especificações apropriadas para as dimensões e materiais de enchimento das trincheiras, devem ainda ser observados a infiltrabilidade do maciço, a presença de lençol freático, o risco de sua contaminação e o risco que oferece a infiltração para as obras existentes
Image of page 387

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 358 na área de influência. Finalmente, deve ser avaliado o risco de erosão interna e de esqueletiza- ção do maciço em função do fluxo oriundo da infiltração.
Image of page 388
Image of page 389
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern