Da relação entre a infiltração e a variação do

Info icon This preview shows pages 511–513. Sign up to view the full content.

da relação entre a infiltração e a variação do nível freático nas encostas é fundamental para entender-se como ocorre a instabilização das encostas. As precipitações prolongadas e, consequentemente, prolongado tempo de infiltração podem gerar situações de saturação ou elevação do nível freático de forma generalizada em regiões serranas. A consequência pode ser catastrófica. Neste capítulo, é apresentada uma sistematização para caracterizar os escorregamentos desenvolvidos para escorregamento na Itália, quando ocorrem os chamados desastres naturais decorrentes de deslizamentos, cujo fenômeno é similar aos observados no Brasil. Normalmente a infiltração nas encostas é atribuída às chuvas, mas, no caso das áreas de ocupação irregular, também há contribuição das águas residuárias que são fonte contínua de infiltração. Em alguns casos, a ruptura de tubulações de rede de água, esgoto ou pluvial pode causar deslizamentos. Quando o agente preparatório para instabilização provém das águas residuárias, há como quantificá-la. 2 Escorregamentos causados por infiltração que geraram pressão de água positiva Alguns casos de escorregamento ocorrem com formação de rede de fluxo, ou seja, há elevação de pressões de água positiva nos poros do solo devido à infiltração da água da chuva. Porém, esse nível freático pode ser perene; nos períodos de estiagem, o solo permanece não saturado. O perfil geotécnico desses casos, em geral, é semelhante. São solos coluvionares ou residuais sobrepostos à rocha impermeável (ou solo residual com permeabilidade muito menor que a do solo superficial), cujo nível freático se eleva a partir do contato solo-rocha (ou solo menos permeável). Os escorregamentos também ocorrem no contato solo-rocha. Os casos selecionados para exemplificar esse mecanismo são os escorregamentos de:
Image of page 511

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 482 • Santos: Monte Serrat e Morro da Caneleira ( VARGAS, 1999); • Cactáreo-RJ ( ANDRADE et al ., 1992) ; • Lagoa-RJ ( GERSCOVICH et al ., 2011); • São Mateus-SP ( FRANCH e FUTAI, 2009), este com características distintas dos de- mais. Além desses casos documentados, também é possível especular que muitos escorrega- mentos que ocorreram nos desastres na Serra do Mar, em 1966, 1967 (SP e RJ), 2008 (SC) e 2011 (RJ), tiveram mecanismos deflagradores similares. Um resumo das características desses solos e dos escorregamentos está apresentado na Tabela 1. Cada um deles está apresentado separadamente a seguir. Tabela 1. Casos da literatura de escorregamentos causados por pressão de água positiva. Local Referência Características do solo Talude e Escorregamento Monte Serrat Santos Vargas (1999) Solo residual sobreposto à rocha impermeável.
Image of page 512
Image of page 513
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern