Por exemplo se a opção vence numa segunda feira dia

  • No School
  • AA 1
  • heldersmelo
  • 17

This preview shows page 9 - 12 out of 17 pages.

sexta-feira antes da terceira segunda-feira do mês. Por exemplo, se a opção vence numa segunda-feira, dia 19, a opção deixa de ser negociada no pregão da sexta anterior, dia 16. No dia 19, o investidor só poderá escolher se vai exercer a opção (isso só deve acontecer quando a opção estiver “dentro do dinheiro”) ou se vai deixar a opção virar pó (recomendável quando a opção estiver “fora do dinheiro”). Por último, em operações mais arriscadas envolvendo opções, como o lançamento descoberto, a Bolsa pode chamar o investidor a dar outros ativos que possua em garantia para a realização da operação. Se o mercado se comportar de um jeito oposto ao que o investidor estava imaginando e ele começar a sofrer perdas, esses ativos servirão para garantir que o titular da opção vai receber o dinheiro que lhe é devido. Já o comprador de opções nunca terá de depositar garantias porque o máximo que ele pode perder é o dinheiro investido na própria opção.
Image of page 9
10 // Opções - descubra como funciona esse mercado. 4.0 Custos e impostos Os principais custos que envolvem a compra de opções são os mesmos que existem ao comprar uma ação: corretagem, emolumentos e taxa de custódia. A taxa de corretagem varia de acordo com a política de cada corretora. Os emolumentos são cobrados pela BM&FBovespa e não há como fugir deles – você vai sempre pagar isso, independente da corretora escolhida. Já a taxa de custódia também é cobrada pela BM&FBovespa, mas pode variar. A XP Investimentos e a Clear Corretora são as únicas corretoras que isentam todos os clientes da taxa de custódia na renda variável. É importante pesquisar bem para operar com a melhor instituição financeira para as suas necessidades. Outro custo do investidor é com o Imposto de Renda. As alíquotas são as mesmas cobradas no mercado de ações, ou seja, 20% sobre o lucro para operações de day trade e 15% para as demais operações. Mas aqui também há uma diferença importante em relação ao mercado de ações, onde o lucro do investidor fica isento sempre que fizer vendas inferiores a R$ 20.000 em um único mês. No mercado de opções, essa isenção não existe. Também é importante lembrar que o investidor só pode usar o prejuízo de meses anteriores para abater a base de cálculo do IR no mês atual se as operações forem realizadas com ativos semelhantes. Então só o prejuízo com opções gera crédito tributário para abater o pagamento de IR sobre ganhos com opções. E o mesmo vale para ações, fundos imobiliários, minicontratos, etc.
Image of page 10
11 // Opções - descubra como funciona esse mercado. Risco limitado com ganho ilimitado Quem compra opções já sabe que, se tudo der errado, o máximo que vai perder é o dinheiro investido. Já se tudo der certo o ganho pode ser 2, 5, 10 ou 50 vezes maior que o capital aplicado.
Image of page 11
Image of page 12

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 17 pages?

  • Fall '19
  • Petrobras, Lucro, Ativo, Home Broker, Investimento, Mercado de opções

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture