Crepita\u00e7\u00e3o \u00e9 o acumulo de ar ou g\u00e1s nos tecidos Determinar a distancia do edema

Crepitação é o acumulo de ar ou gás nos tecidos

This preview shows page 13 - 16 out of 33 pages.

retornam a posição prévia e aparece um sulco/escavação. Crepitação é o acumulo de ar ou gás nos tecidos. Determinar a distancia do edema além da ferida. 6.3. Endurecimento do Tecido Periférico: a partir da borda avalie 04 cm de tecidos ao redor da ferida. O endurecimento é reconhecido pela firmeza anormal dos tecidos periféricos. Avalie beliscando cuidadosamente os tecidos. O endurecimento resulta em uma inabilidade de se pinçar os tecidos. Determinar a porcentagem de área envolvida. 07. Estágio: classificação baseada no comprometimento tecidual e se dividem em 4 estágios de acordo com a sua profundidade: Estágio 1 : não há perda tecidual, ocorre comprometimento apenas da epiderme, com presença de eritema em pele intacta; Estágio 2 : perda de tecido envolvendo a epiderme, a derme ou ambas (a úlcera é superficial e apresenta-se clinicamente como uma abrasão ou úlcera rasa); Estágio 3 : perda total da pele, com necrose de tecido substancial, sem comprometimento da fáscia muscular (a ferida apresenta-se clinicamente como úlcera profunda); Estágio 4 : ocorre destruição extensa de tecido, necrose tissular ou lesão de osso, músculo ou estruturas de suporte. VI. CONCEITOS RELACIONADOS AO TRATAMENTO DE FERIDAS 1. Anti-sepsia : é o processo que visa a destruição ou inativação de microrganismos das camadas superficiais ou profundas de tecidos de um organismo vivo;
Image of page 13
14 2. Assepsia : é o conjunto de técnicas utilizadas para evitar a chegada de germes a um local que não os contenha; 3. Assepsia médica : técnicas que visam impedir o crescimento de microrganismos em locais que possuem flora normalmente; 4. Assepsia cirúrgica : diz-se das técnicas utilizadas para impedir proliferação e crescimento de microrganismos onde não existem infecções; 5. Degermação : remoção de detritos e impurezas sobre a pele, aliado a redução da flora microbiana local, mediante uso de degermante; 6. Esterilização: processo que visa destruição de todo microrganismo inclusive a forma esporulada. A esterilização pode se dar por processos químicos (ex. glutaraldeído) ou físicos (ex. autoclave); 7. Desinfecção: Processo físico ou químico (ex. álcool a 70%) que destrói os microrganismos na forma vegetativa (menos os esporos) de objetos; 8. Anti-séptico : preparação química que reduz o número de microrganismos seja destruindo- os, ou inativando-os (usado em superfície viva ); 9. Detergente : preparação química que promove limpeza, purifica ou clareia uma superfície inanimada; 10. Degermante : preparação química que por meio de ação física produz limpeza e simultaneamente por meio antimicrobiano reduz o número de microrganismos da pele; 11. Sepse : presença de organismos patogênicos e formadores de pus ou toxinas, no sangue ou nos tecidos; a septicemia (disseminação de microrganismos patogênicos pela corrente sangüínea) é um tipo comum de sepse;
Image of page 14
15 CAPÍTULO II PRINCÍPIOS BÁSICOS PARA REALIZAÇÃO DE CURATIVOS I. DEFINIÇÃO DE CURATIVO É um meio terapêutico que consiste na limpeza e aplicação de uma cobertura estéril em uma ferida, quando necessário, com a finalidade de promover a rápida cicatrização e prevenir a contaminação ou infecção.
Image of page 15
Image of page 16

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 33 pages?

  • Spring '13
  • varios professores

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern

Stuck? We have tutors online 24/7 who can help you get unstuck.
A+ icon
Ask Expert Tutors You can ask You can ask You can ask (will expire )
Answers in as fast as 15 minutes