implementa\u00e7\u00e3o do programa de investiga\u00e7\u00e3o geol\u00f3gico geot\u00e9cnica e os dados dos

Implementação do programa de investigação

This preview shows page 49 - 51 out of 194 pages.

implementação do programa de investigação geológico-geotécnica e os dados dos postos pluviométricos representativos da área. Devem ser também consideradas as influências do reservatório e das escavações adjacentes. Os taludes dos canais de adução, aproximação e de restituição, em geral, sofrem interferências dos reservatórios, podendo ocorrer, em muitos casos, oscilações rápidas que, para taludes em solo, dependendo das suas características de permeabilidade, podem conduzir à situação de rebaixamento rápido, devendo nesse caso ser analisado, segundo a metodologia desse tipo de carregamento, nas condições indicadas no item 4.5.3. Entretanto, a situação crítica para esses taludes pode também ser a condição de chuvas intensas (combinadas à condição de nível d' água mínimo no canal). Taludes naturais que possam representar riscos para a segurança das obras devem também ser objeto de análise, adotando-se os mesmos critérios considerados para os taludes de escavação permanente. Os critérios para fixação de coeficientes de segurança mínimos a serem atendidos devem considerar o potencial de dano de cada caso: a) Para os taludes que interferem diretamente na segurança e operação da barragem (cortes em escavação de vertedouro e na casa de força, canais de adução, aproximação e restituição, etc.), os coeficientes de segurança para a condição de regime permanente (situação que não seja a de chuvas intensas nem a de rebaixamento rápido), devem ser maiores que 1,5. Para a condição de chuvas intensas, os coeficientes de segurança devem ser maiores que 1,3, sendo os mesmos requisitos aplicados no caso de existir uma subestação, aos taludes desta cuja ruptura eventual atinja os equipamentos eletromecânicos. Em casos excepcionais em que os danos decorrentes de um eventual deslizamento sejam muito elevados, caso de canais de aproximação de vertedouro, cujas rupturas comprometam a extravasão de cheias, o coeficiente de segurança mínimo para a condição de chuvas intensas deve ser superior a 1,3. b) Para os taludes de escavações e aterros de obras complementares, tais como estradas, subestações, cuja ruptura não atinja equipamentos, etc., os coeficientes de segurança para a condição de regime permanente devem ser maiores que 1,3. Para a condição de chuvas intensas os coeficientes de segurança devem ser superiores a 1,1. Drenagem Dois tipos de drenagens devem ser considerados para os taludes: a superficial e a profunda. A primeira controlará o efeito das chuvas sobre o talude e constará basicamente de canaletas e descidas de água, dimensionadas para chuvas de tempo de recorrência de 50 anos, no mínimo .
Image of page 49
31 Deve ser dada preferência a estruturas de concreto, moldadas in situ , em terreno natural. A declividade deve ser tal que permita a água desenvolver certa velocidade para lavagem de material caído dos taludes, com previsão de caixas de acumulação de sedimentos e de dissipação, onde necessários, mas que não conduza à erosão fácil dos materiais geológicos.
Image of page 50
Image of page 51

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 194 pages?

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

Stuck? We have tutors online 24/7 who can help you get unstuck.
A+ icon
Ask Expert Tutors You can ask You can ask You can ask (will expire )
Answers in as fast as 15 minutes