Neste estudo em jangada comparou se o resultado de

Info icon This preview shows pages 601–602. Sign up to view the full content.

persibilidade do solo. Neste estudo em Jangada, comparou-se o resultado de perda de massa por imersão com resultados de ensaios de dispersão realizados por Conciani e Gomes (2009). Os resultados dos dois grupos de ensaios são sempre convergentes, confirmando o caráter dispersivo do solo. Essa informação é também compatível com o teor de sódio encontrado no solo, mostrado na Tabela 3. O mecanismo de dissolução atua abrindo os primeiros e minúsculos poros, tal como relatado por Veiga et al . (2008). No momento seguinte, o processo de dispersão é mais forte, pois a quantidade de água aumenta muito. A condição de dispersão é agravada pela quebra da estrutura e perda da coesão causada pelo elevado valor de sucção mátrica. Ao sofrer a perda de sucção, o solo sofre também a expansão, já que os minerais identificados, com exceção do quartzo, são todos expansivos. Bordeaux e Nakao (1974) afirmam que os fatores químicos devem sempre ser considerados, uma vez que os solos dispersivos são tipicamente erosivos. 3 Erosão por pipping Conforme citado inicialmente, a subsidência também pode acontecer devido à erosão por pipping . Esse é o caso da erosão relatada por Ridente Júnior e Fornasari (1998), a qual le- vou grandes áreas urbanas a sofrerem processos de subsidência, com perda de infraestrutura e prejuízos sociais e financeiros. Para Camapum de Carvalho et al. ( 2006), além dos fatores externos que atuam na erosão superficial do terreno, existem os fatores internos como gradientes críticos de escoamento, desagregabilidade e erodiblidade do solo. Para esses mesmos autores, a erosão interna é de- corrente principalmente da formação de gradientes hidráulicos críticos no maciço de solo, os quais são capazes de remover as partículas menores através dos poros de uma matriz de dimensões maiores. Para Bordeaux e Nakao (1974), a dispersão é um fator a ser considerado. O processo de erosão subterrânea é comum em solos porosos ou com distribuição gra- nulométrica bimodal (CAMAPUM DE CARVALHO et al. , 2006). Nesses solos, a percolação interna é intensa e desenvolve gradientes hidráulicos elevados, os quais são capazes de exce- der a resistência ao cisalhamento do solo e arrancar suas partículas. Morais et al . (2004) rela- tam a ocorrência dessa forma de erosão em solos saprolíticos de gnaisse. Há também relatos por outros pesquisadores de ocorrência dessa forma de erosão em barragens. O piping ou entubamento é uma forma de erosão que ocorre internamente ao solo. Na superfície do terreno parece que não existe erosão; entretanto, no interior do maciço de solo está ocorrendo uma remoção de partículas, que são carreadas por força de percolação da água. Nos locais onde as partículas são retiradas, formam-se tubos ou canais subterrâneos.
Image of page 601

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Image of page 602
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern