21 Eletricidade CA Reprodu\u00e7\u00e3o proibida Copyright NT Editora Todos os direitos

21 eletricidade ca reprodução proibida copyright nt

This preview shows page 24 - 26 out of 31 pages.

21 Eletricidade CA Reprodução proibida. Copyright © NT Editora. Todos os direitos reservados. Importante Representamos o ângulo de fase ou defasagem pela letra grega chamada de thêta (θ). Veja o exemplo: Considere as duas senoides representadas por uma tensão alternada v(t) e por uma corrente alternada i(t). Determine a relação de fase entre ambas: v (t) = 120 sen(754 t + 60º) [ V ] i (t) = 6 sen(754 t – 30º) [ A ] θ Resultante = [θ v(t)] – [θ i(t)] θ Resultante = [+60°] – [–30°] = [+90º] Conclusão: A senoide da tensão v(t) está adiantada 90° em relação à senoide da corrente i(t), ou a senoide da corrente i(t) está atrasada 90° em relação à senóide da tensão v(t). Saiba mais Para estabelecer a diferença de fase entre duas senoides, ou seja, encontrar a diferença entre os ângulos de fase destas, é fundamental satisfazer três condições básicas, sendo elas: a) as duas senoides devem possuir a mesma frequência; caso isto não aconteça, a relação de fase não é possível; b) as duas senoides devem ter a mesma forma de onda, ou seja, ambos o seno ou ambos o cos- seno. Caso alguma delas seja diferente, basta converter uma delas para a mesma forma de onda. Cabe lembrar que a onda seno está atrasada 90º em relação à onda cosseno, ou a onda cosseno está adiantada 90º em relação à onda seno. Cabe lembrar que, se somarmos 90° ao ângulo de uma onda seno, esta será alterada para uma onda cosseno, ou simplesmente usando a identi- dade trigonométrica: sen(x + 90º) = cos(x). Se você quiser fazer o contrário, ou seja, transformar a onda cosseno em onda seno, basta subtrair 90° ao ângulo da onda cosseno, ou usando a iden- tidade trigonométrica: cos(x - 90º) = sen(x). c) as duas senoides devem ter o mesmo sinal de amplitude, ou seja, ambas positivas ou ambas negativas. Caso alguma delas tenha um sinal diferente, basta alterar o sinal, convertendo uma delas para a mesma forma de onda. Cabe lembrar que, se somarmos 180° ao ângulo de uma senoide, alteramos o seu quadrante, ou simplesmente usando as identidades trigonométricas: cos(x +/- 180º) = - cos(x) ou sen(x +/- 180º) = - sen(x). Veja o exemplo Considere as duas senoides representadas pelas tensões alternadas, e determine a relação de fase entre ambas: v1(t) = 120 sen(377t – 50°) [V]
Image of page 24
22 NT Editora Reprodução proibida. Copyright © NT Editora. Todos os direitos reservados. v2(t) = -150 cos(377t + 120°) [V] A 1ª condição está satisfeita, ou seja, ω = 377 [rad/s] para as duas senoides; A 2ª condição não está satisfeita, ou seja, a onda de v1(t) é senoidal e v2(t) é cossenoidal, daí, vamos converter a cossenoide v2(t) para senoide, da seguinte forma: De: v2(t) = -150 cos(377t + 120°) [V] para: v2(t) = -150 sen(377t + 120° - 90°) [V], resultando: v2(t) = -150 sen(377t + 30°) [V] A 3ª condição também não está satisfeita, ou seja, o sinal da onda de v1(t) é positivo e de v2(t) é negativo, daí, vamos converter o sinal negativo da amplitude da senoide v2(t) para o sinal positivo, da seguinte forma: De: v2(t) = - 150 sen(377t + 30°) [V] para: v2(t) = + 150 sen(377t + 30° + 180°) [V], resultando: v2(t) = + 150 sen(377t + 210°) [V]. Após satisfazer as 3 condições, podemos fazer a defasagem das duas senoides: v1(t) = 120 sen(377t – 50°) [V] v2(t) = 150 sen(377t + 210°) [V]. θResultante = [θ v1(t)] – [θ v2(t)] θResultante = [– 50°] – [+ 210°] = [-160º]
Image of page 25
Image of page 26

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 31 pages?

  • Spring '19
  • Antonello
  • ohm, Corrente Alternada, frequência, tensão elétrica, Lei de Ohm

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern

Stuck? We have tutors online 24/7 who can help you get unstuck.
A+ icon
Ask Expert Tutors You can ask You can ask You can ask (will expire )
Answers in as fast as 15 minutes
A+ icon
Ask Expert Tutors