Figura 35 Figura 36 Apostila de An\u00e1lise Gr\u00e1fica Esse texto foi desenvolvido

Figura 35 figura 36 apostila de análise gráfica

This preview shows page 19 - 22 out of 25 pages.

Figura 35 Figura 36
Image of page 19
Apostila de Análise Gráfica Esse texto foi desenvolvido pela Bradesco Corretora e não constitui uma recomendação de investimento. Para mais esclarecimentos, sugerimos entrar em contato com o setor de atendimento da Corretora. É expressamente proibida a reprodução de parte ou da totalidade de seu conteúdo, mediante qualquer forma ou meio, sem prévia e formal autorização, nos termos da Lei 9.610/98. 20 Figura 37 Figura 38 Topos duplos (M) e Fundos duplos (W) O M’s e W’s são figuras de reversão que têm suas definições iguais, porém simétricas. Um topo duplo é uma configuração que somente aparece em uma tendência de alta. Para que ele aconteça, determinado ativo testa uma região, a partir da qual inicia um processo de correção e logo em seguida volta a subir. Seu movimento pára novamente na mesma região onde havia parado o primeiro movimento altista. Com essa nova interrupção da alta, o ativo volta a cair e rompe a região de suporte definida pelo seu fundo anterior, a partir de onde tem sua figura rompida e tem como objetivo o início da primeira pernada de alta antes do ativo configurar seu primeiro topo. A configuração dos fundos duplos é a mesma, porém com a simetria de se encontrar em uma tendência de queda e seu processo de reversão ser composto de uma nova série de alta. Figura 39 Figura 40
Image of page 20
Apostila de Análise Gráfica Esse texto foi desenvolvido pela Bradesco Corretora e não constitui uma recomendação de investimento. Para mais esclarecimentos, sugerimos entrar em contato com o setor de atendimento da Corretora. É expressamente proibida a reprodução de parte ou da totalidade de seu conteúdo, mediante qualquer forma ou meio, sem prévia e formal autorização, nos termos da Lei 9.610/98. 21 8. Indicadores São ferramentas desenvolvidas a partir de fórmulas matemáticas advindas de diversos tipos de diferentes combinações dos valores do comportamento do ativo, sejam eles relacionados às máximas, mínimas, fechamento, volume ou qualquer outro dado do ativo. Apesar de suas fórmulas que são, muitas vezes, complicadas para se fazer à mão, as diversas plataformas gráficas disponíveis fazem esses cálculos já pré-programados. São ainda divididos entre rastreadores de tendência, osciladores e algumas fórmulas que não se encaixam em nenhuma dessas duas definições. 8.1. Rastreadores de Tendência São estudos que indicam e monitoram o desenvolvimento de uma tendência e são usados para ajudar o investidor a se manter posicionado enquanto o mercado não mostrar fraqueza ou mudança. O principal objetivo destes rastreadores é ajudar para que o investidor esteja sempre posicionado de acordo com a força do mercado e jamais fique posicionado contra a tendência e remando contra a maré. Alguns dos rastreadores de tendência mais conhecidos estão dispostos abaixo: Movimento Direcional (AD+, AD- e ADX) Indicador utilizado para verificar a existência ou não de uma tendência no mercado.
Image of page 21
Image of page 22

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 25 pages?

  • Fall '17
  • MARK

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture