Primeira vez que entrei na iconaria foi com o pai

Info icon This preview shows pages 241–243. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
Primeira vez que entrei na Iconaria foi com o Pai mais o Adam e o Jonas quando eu tinha sete ano. A Mãe ficou com um mal de corrimento quando pariu a Catkin, e eu e o Pai ficou rezano pa Sonmi pa ela consertar a Mãe, causa-que a Iconaria era um lugar santo especial e Sonmi costumava ficar escutano as gente lá. Dendo era uma escureza molhada. O cheiro era de cera e óleo de teca. Os ícone morava nas parteleira que ia do chão ao teto, quantas que tinha num sei dizer não, não dá pa ficar contano que nem a gente conta cabra, mas tem muito mais vida morrida que vivida de agora, que nem como tem muito mais folha que arve. A voz do Pai falou na escureza, era a voz dele de sempre mas tamém era sinistrosa ali, pedino a Sonmi pa num deixar a Mãe morrer e pa alma dela ficar naquele corpo mais tempo, e na minha cabeça eu rezava a mesma coisa, só que sabeno que eu tava marcado pelo Velho Georgie desde o vau do Sloosha. E antonce nós ouviu uma espécie de ronco debaixo do silêncio, uma mistura de mil-milhão de cochicho que nem o oceano, só que num era oceano não, era os ícone, e nós tendeu que Sonmi tava lá escutano nós. A Mãe num morreu não. Sonmi teve pena dela, sabe? A segunda vez na Iconaria foi na Noite dos Sonho. Quando fazia catorze marca no nosso ícone, aí nós era crescido e nós drumia sozinho dendo da
Image of page 241

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Iconaria e Sonmi dava a nós um sonho especial. Tinha moça que sonhava com quem ela ia casar, tinha rapaz que via um trabalho pa toda a vida, e às vez nós via coisa que adespois tinha de pedir pa Badessa pa ela divinhar o que era. No dia seguinte quem saía da Iconaria já era home e mulher crescido. Assim, quando noitou eu deitei dendo da Iconaria debaixo da coberta do Pai, com meu ícone inda não talhado como travesseiro. Lá de fora, na costa dos Osso, vinha uns estalo, as onda frevia e quebrava, e tamém ouvi um guapurau. Mas num era guapurau não, era um alçapão abrino do meu lado, e uma corda desceno pa dendo céu do mundo subiterrano. Desce , mandou Sonmi, e eu bedeci, mas a corda era feita de dedo e punho de gente retorcido junto. Olhei pa cima e vi fogo desceno do chão da Iconaria. Corta a corda , disse um home entortado, mas eu medei de fazer isso, causa-que se eu fazia isso eu caía, né? No outro sonho, eu tava segurano meu babito malnascido no quarto da Jayjo. Ele tava desperneano e chutano que nem naquele dia. Depressa, Zachry , disse o home, abre uma boca no teu babito pa ele poder respirar! Eu tava com a faca na mão e aí cortei um sorriso na cara do meu babito, foi que nem cortar queijo. Do corte saiu espumano as palava: Por que cê me matou, pai? No último sonho eu tava andano na marge do rio Waipio. Do outro lado do rio eu vi o Adam, pescano muito feliz da vida! Eu cenei pa ele mas ele num viu não, aí eu corri pruma ponte que num existe fora do sonho não, uma ponte de ouro e bronze. Quando cheguei adonde tava o Adam, chorei todo sofrinhento causa-que num tinha mais nada não, só osso farelento e uma enguiazim prateada se debateno na terra.
Image of page 242
Image of page 243
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern