Conforme sampaio et al 2008 várias espécies nativas

Info icon This preview shows pages 257–258. Sign up to view the full content.

Conforme Sampaio et al. (2008), várias espécies nativas do Cerrado têm se mostrado adequadas para a recuperação de áreas degradadas do bioma sob diversas condições de de- gradação, inclusive em plantios a pleno sol. Para esses autores, essas espécies são promissoras para formar a cobertura inicial do solo nas áreas degradadas, facilitando a restauração dos ambientes originais. É sabido que as espécies savânicas e campestres, cuja parte aérea cresce mais devagar, vão ocupar o solo com suas profundas raízes. De fato, as plantas jovens do ambiente Cerrado apresentam, frequentemente, rápido crescimento radicular em profundidade, atingindo cerca de 50 cm em menos de 10 meses (PALHARES e SILVEIRA, 2007). No processo de infiltra- ção da água das chuvas, o sistema radicular das plantas é fundamental. Como são extensas e crescem para baixo, as raízes ajudam na descompactação do solo e atuam como redutores da velocidade de enxurradas, aumentando, assim, a capacidade de infiltração da água no solo. Raízes de árvores adultas do Cerrado podem atingir profundidades maiores que 8 m e captar água, horizontalmente, a mais de 12 m de distância (PALHARES et al. , 2010). De acordo com Rawitscher (1948), as raízes de algumas espécies do Cerrado podem atingir até 18 m de profundidade. O aprofundamento das raízes das plantas se dá, geralmente, na busca por água. Guimarães (2002) mostrou para um perfil de Latossolo Vermelho que a zona ativa com grandes variações sazonais de teor de umidade se limita aproximadamente aos três primeiros metros do perfil de solo. Com isso, no período de estiagem, a sucção nessa zona aumenta enormemente, obrigando a planta a buscar água em maiores profundidades, o que gera o aprofundamento radicular. Por outro lado, as raízes são capazes de movimentar a água do solo de maiores profundidades para as camadas mais superficiais, realizando o processo conheci- do como redistribuição hidráulica (SCHOLZ et al. , 2002) Apesar do crescimento mais lento da parte aérea das espécies savânicas e campestres em comparação com o sistema subterrâneo, a parte aérea também tem papel importante no auxílio à infiltração. Por exemplo, a água da chuva que alcança a superfície do solo chega com força e velocidade menores quando há presença de vegetação. Essa vegetação retém parte da água em folhas, flores e galhos, fazendo-a chegar ao solo suavemente, sem causar erosão. Assim, ao retirar a cobertura vegetal de um solo, a água, que antes era retida pela parte aérea e absorvida pelas raízes das árvores para abastecimento dos lençóis d’água, escoa superficial- mente, causando erosão, e acumula-se nas partes mais baixas do terreno, acarretando uma série de problemas como enxurradas alagamentos, enchentes e inundações.
Image of page 257

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Image of page 258
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern