{[ promptMessage ]}

Bookmark it

{[ promptMessage ]}

Processo de esvaziamento em regime no estacionrio _corrigido

37 1 1 v m v 14 onde v volume do tanque 1 m massa

Info iconThis preview shows pages 3–4. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
Observamos agora o fenômeno estudado desconsiderando a hipótese de o experimento ocorrer adiabaticamente. 37 1 1 v m V = (14) Onde: V = volume do tanque 1 m = massa inicial de fluido Com a determinação do volume específico, podemos determinar a fração de vapor existente na mistura dentro do cilindro, que será utilizada para calcular o valor da Energia Interna. liq 1 1 vap 1 1 1 v v v x y + = 1 1 1 x y - = Logo, liq 1 vap 1 liq 1 1 1 v v v v y - - = (15) Onde: 1 y = fração de vapor na condição 1 liq 1 v = volume específico do líquido na condição 1 vap 1 v = volume específico do vapor na condição 1 Para o cálculo da Energia Interna então, liq vap U U U 1 1 1 1 1 ) y 1 ( y - + = (16) Caso não tenha disponível dados tabelados da Energia Interna para o líquido e para o vapor saturados, podemos usar as relações termodinâmicas para estimar seu valor. liq vap H H H 1 1 1 1 1 ) y 1 ( y - + = (17) Onde: liq H 1 = entalpia específica do líquido na condição 1 vap H 1 = entalpia específica do vapor na condição 1 1 1 1 1 v P H U + = (18) Onde: 1 U = energia interna específica na condição 1 1 P = pressão inicial Para o cálculo de y 2 e U 2 , utilizaremos um método iterativo, assumindo um valor para m 2 inicialmente e então calculando y 2 e U 2 através das equações (14), (15), (16) ( ou eqs. (17) e (18) ), só que dadas para o estado 2. Para checar o valor da massa assumido, utiliza-se o Balanço de Energia. Estes procedimentos são repetidos até se chegar a uma massa em que o valor assumido seja bem próximo do calculado. 5.6.3. Procedimento Experimental
Background image of page 3

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
____________________ 3 Observamos agora o fenômeno estudado desconsiderando a hipótese de o experimento ocorrer adiabaticamente. 38 a) Considerações iniciais: volume, área externa e massa do tanque vazio devem ser conhecidos. Para o gás refrigerante utilizar tabelas de propriedades termodinâmicas ou preferencialmente gráficos destas propriedades1; b) Pesar o aparelho todo com o tanque cheio do refrigerante (pesa com as tampinhas das válvulas);
Background image of page 4
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}